Enter your keyword

Avaliação de desempenho por competências: quais são as vantagens?

Avaliação de desempenho por competências: quais são as vantagens?

Avaliação de desempenho por competências: quais são as vantagens?

A avaliação de desempenho por competências é um prática que tem sido amplamente adotada pelas empresas nos últimos anos.

Além de proporcionar uma análise rica e aprofundada sobre os resultados apresentados pelos colaboradores, esse tipo de avaliação também ajuda a manter o desenvolvimento dos times alinhado com as metas financeiras e operacionais da organização.

Neste artigo, vamos explicar o que é avaliação de desempenho por competências, quais são os principais benefícios que ela promove e quais são os tipos de competências que precisam ser monitorados.

Além disso, vamos trazer um passo a passo completo para que você consiga implementar uma avaliação de desempenho por competências eficiente em sua empresa. Confira!

O que é avaliação de desempenho por competências?

A avaliação de desempenho por competências é uma análise realizada pela empresa para verificar a qualidade dos resultados entregues pelos colaboradores em relação às competências exigidas em cada cargo.

Em suma, cada profissional é avaliado quanto a sua performance, a partir de determinados pontos de análise (técnica, comportamental, gerencial etc), podendo ser utilizadas diferentes ferramentas e metodologias nesse processo.

Quais são os benefícios de avaliar os colaboradores por suas competências?

A avaliação de desempenho por competências gera importantes benefícios para a empresa, dos quais vamos destacar estes a seguir.

Alinhamento entre as metas da organização e a capacidade de entrega dos profissionais

O principal ponto que diferencia a avaliação de desempenho por competências dos demais tipos de avaliação de desempenho é a sua relação com o cumprimento das metas e objetivos do negócio.

Por ter como base a análise de competências, esse tipo de avaliação permite uma definição melhor das metas individuais e das equipes, considerando aspectos que vão além da entrega de números.

Melhoria na comunicação interna

Ao implementar uma rotina de avaliação na empresa, os colaboradores e gestores passam a ter uma agenda de feedbacks mais estruturada e eficaz.

Esses momentos se diferem do dia a dia, pois neles não se discute a rotina, tarefas e problemas corriqueiros, mas sim o desempenho de cada profissional, os desafios que cada um tem enfrentado e perspectivas de desenvolvimento de carreira.

Fomento à inovação contínua

Outro benefício importante proporcionado pela avaliação de desempenho por competências é o fomento à inovação contínua dentro da organização.

Quando a rotina de avaliações é estabelecida, o progresso de cada colaborador é verificado com maior frequência. Isso permite que tanto os profissionais quanto seus gestores estejam sempre em busca de desenvolvimento e inovação.

Esse movimento impulsiona a geração de novas ideias, que são beneficiar a empresa e a carreira dos profissionais envolvidos.


Quais são os tipos de competências a serem avaliadas?

As competências a serem avaliadas podem ser agrupadas em tipos diferentes, conforme abaixo. 

Competências técnicas

As competências técnicas estão relacionadas aos conhecimentos e habilidades que cada profissional adquire para exercer a sua função. Aqui estão envolvidas questões como a formação acadêmica e os talentos natos de cada um.

São competências que podem ser desenvolvidas com uma certa facilidade e que independem de onde a pessoa trabalha no momento.

Competências comportamentais

As competências comportamentais estão ligadas à personalidade de cada colaborador e a como ele se comporta em diferentes ambientes e situações. O comportamento é um fator que influencia diretamente no cotidiano do profissional, principalmente nas relações que são estabelecidas com as pessoas de maior contato, como colegas e gestores.

Por isso, é fundamental que ele seja avaliado desde o processo seletivo.

Competências gerenciais

As competências gerenciais estão relacionadas às habilidades de gerir tanto a si mesmo, quanto a um time e até mesmo a toda a empresa.

Dessa forma, essa é uma competência que não se limita apenas a pessoas que ocupam cargos de liderança. Ela indica o quanto um colaborador é capaz de administrar seu tempo para conseguir cumprir seus prazos, bem como controlar a quantidade de demandas sob sua responsabilidade, para que todas sejam entregues com qualidade.

Competências organizacionais

As competências organizacionais estão ligadas ao que a empresa precisa para manter a sua identidade e seu diferencial de mercado. Elas podem reunir os 3 tipos de competências listadas anteriormente, mas, em geral, são as competências comportamentais que mais se destacam.

Assim sendo, esse tipo de competência representa os elementos que formam o que seria a personalidade da empresa perante ao mercado.

Como fazer uma avaliação de desempenho por competências eficiente?

Agora que você já sabe o que é avaliação de desempenho por competências e quais são os tipos de competências a serem avaliadas, vamos mostrar como implementar uma rotina de avaliações de forma eficiente em sua empresa. Acompanhe.

Mapeie as competências necessárias para cada cargo

Antes de determinar como as competências serão avaliadas, é preciso definir quais serão elas.

Por isso, o primeiro passo é mapear as competências necessárias para o pleno cumprimento das responsabilidades de cada cargo da organização. Aqui, devem ser envolvidos todos os tipos de competências.

O ideal é que o mapeamento seja feito juntamente com a definição dos cargos. Além disso, é importante que ele seja revisado sempre que uma nova vaga é aberta para aquele cargo.

Afinal, é bastante comum que existam particularidades que mudam com o passar do tempo, e a empresa precisa se manter em constante adaptação.


Defina metas para os profissionais

Depois de mapear as competências que serão exigidas em cada cargo, o próximo passo é definir as metas que serão atribuídas a cada um deles para ajudar a empresa a alcançar seus objetivos.

Elas serão o principal direcionamento dos colaboradores, tanto em relação ao que eles precisam entregar de resultados quanto para os gestores em relação ao que devem avaliar em seus times.

É muito importante que a definição das metas de cada colaborador seja feita em total sinergia com o que foi planejado para a organização no médio e longo prazos. Isso ajuda a manter todos caminhando na mesma direção, desenvolvendo-se juntos e de forma integrada.

Escolha os métodos de avaliação que serão utilizados

A avaliação de desempenho por competências envolve diferentes tipos de análises, que demandam metodologias específicas.

Cada organização tem as suas metas e os seus desafios, por isso não existe uma receita pronta que se adeque a todas elas. Cada uma precisa analisar suas características para encontrar seu próprio caminho.

A principal dica que podemos dar para que você consiga escolher quais métodos de avaliação utilizar em sua empresa é que não se prenda a apenas um deles, mas que use vários de forma complementar.

Dessa forma, é possível ter diferentes visões acerca de um mesmo colaborador e, com isso, obter uma análise mais completa e aprofundada.

As principais metodologias utilizadas no mercado, atualmente, são:


Estabeleça uma periodicidade

Um dos pontos que promove a eficiência da avaliação de desempenho por competências é torná-la uma rotina da empresa. Isso significa que é preciso que se estabeleça uma periodicidade para a aplicação das avaliações, de forma a manter colaboradores e gestores preparados e engajados.

Novamente, cada empresa precisa encontrar a periodicidade que mais se adequa ao seu perfil e as suas características. Podem haver diferenças, também, nas aplicações de cada uma das metodologias escolhidas.

Por exemplo, a avaliação 360 graus pode ser anual, enquanto a autoavaliação pode ser bimestral. Tudo vai depender do que a empresa deseja avaliar e do tempo que uma mudança habitualmente leva para acontecer nesse quesito.

Prepare os colaboradores e gestores

Outra questão que interfere diretamente na eficiência de qualquer iniciativa que se tome em uma empresa é a preparação dos envolvidos.

Não é necessário que seja montado um grande evento de apresentação da proposta ou que se tenha um investimento absurdo em torno disso, mas também não dá para simplesmente comunicar que a avaliação de desempenho por competências será implementada e esperar que todos compreendam o que isso quer dizer.

O papel do RH, nesse sentido, é de preparar uma campanha de lançamento que ajude a informar gestores e colaboradores sobre o que é, como é feita e os impactos da avaliação, de forma a engajá-los nessa empreitada.

É muito importante que haja um momento para que todas as dúvidas sejam sanadas antes do início das avaliações, e que se mantenha um canal aberto de comunicação entre o setor e todos os profissionais da empresa.

>> Leitura recomendada: [E-book] Guia para construir uma equipe de alta performance

Utilize os resultados as avaliações de forma estratégica

Por fim, um ponto que muitas empresas acabam esquecendo é de fazer um uso estratégico das informações obtidas nas avaliações. A obtenção dos resultados, por si só, já rende bons frutos e boas análises, mas é no uso dessas informações que a organização pode se destacar no mercado.

As aplicações podem ir desde a definição de promoções e ascensões de profissionais internamente, até a adoção de novas tecnologias e metodologias nos processos de gestão e produção.

Conhecer melhor os colaboradores é o que permite saber a capacidade de expansão e de inovação do negócio. Usar esse tipo de informação para gerar competitividade é o que faz um RH ser visto como uma área estratégica e não apenas de suporte administrativo.

Então, se você quer destacar sua organização no mercado e mostrar que a gestão de pessoas pode contribuir fortemente para o sucesso da empresa, a avaliação de desempenho por competências será sua grande aliada. Aproveite as dicas deste artigo e comece uma nova fase em seu negócio!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.