Enter your keyword

Avaliação 180 graus: conheça seus prós e contras

Avaliação 180 graus: conheça seus prós e contras

Avaliação 180 graus: conheça seus prós e contras

A avaliação 180 graus é um dos métodos de avaliação de desempenho mais utilizados atualmente pelas empresas. Além de fornecer informações importantes para a evolução dos profissionais, essa metodologia também oferece vantagens interessantes, quando comparada a outros modelos, como a autoavaliação e a avaliação 360 graus.

Neste artigo, vamos explicar o que é a avaliação 180 graus, quando ela deve ser praticada e quais são as vantagens e desvantagens que ela proporciona. Acompanhe.

O que é avaliação de desempenho 180 graus?

A avaliação de desempenho, como um todo, é uma ferramenta da gestão de pessoas que visa analisar a performance dos colaboradores e gestores da empresa, no que diz respeito ao cumprimento de suas metas e à relação estabelecida com seus colegas e lideranças. Existem diversas metodologias de avaliação, entre elas a 180 graus.

Na avaliação 180 graus são coletadas informações sob duas perspectivas diferentes. Uma se refere à impressão do gestor sobre cada membro de sua equipe e a outra faz o caminho inverso e obtém uma análise do time acerca do gestor. Tudo isso é feito por meio de questionários elaborados pelo RH e aplicados em conversa direta entre cada profissional junto ao seu líder.

 

Quando esta prática deve ser incentivada?

Por se tratar de uma metodologia que busca analisar as realizações de determinadas pessoas, é importante que a avaliação 180 graus seja realizada ao final de um período, que pode ser um quarter, um semestre ou qualquer outra periodicidade.

O mais importante é que ele esteja em acordo com o planejamento estratégico e as definições de prazos das metas que foram estabelecidas individualmente, no início de cada período.

Quais as vantagens deste tipo de avaliação?

A avaliação 180 graus é uma das metodologias mais utilizadas nas empresas, por apresentar ótimos benefícios, principalmente em relação às demais opções. Veja quais são os principais, abaixo.

Precisão na avaliação do desempenho de cada profissional

O fato da avaliação 180 graus ser realizada individualmente entre gestor e colaborador faz com que o seu resultado seja mais preciso. Afinal, as pessoas avaliadas estão em contato direto no dia a dia, vivenciando juntas os desafios e conquistas de cada período. Dessa forma, é mais fácil perceber pequenos detalhes, positivos e negativos, tanto do profissional quanto do seu líder.

Melhoria no relacionamento entre líderes e liderados

A avaliação 180 graus requer um bom nível de comunicação entre os envolvidos, principalmente em relação à capacidade de dar e receber feedbacks.

A metodologia estimula a aproximação das pessoas e isso interfere positivamente no relacionamento entre líder e liderado. Com o passar do tempo, as conversas se tornam cada vez mais naturais e os feedbacks passam a fazer parte da rotina do time. 

Identificação de talentos na equipe

Com toda a proximidade criada pela avaliação 180 graus, os gestores ganham uma capacidade maior de identificar os talentos da sua equipe. Eles passam a dar mais atenção aos detalhes, percebendo habilidades e competências com maior potencial de desenvolvimento, que possam ser trabalhadas para gerar crescimento ao profissional e desenvolvimento ao time e à empresa como um todo.

Quais as desvantagens da avaliação 180 graus?

Como acontece em qualquer tipo de metodologia, a avaliação 180 graus também tem alguns pontos negativos que geram deficiências a serem consideradas. Entre elas, destacamos as mais relevantes a seguir.

Falta de uma visão mais abrangente

A metodologia em 180 graus envolve a participação apenas do colaborador e de seu gestor imediato. Contudo, uma pessoa tem contato diário com muitas outras, como os colegas do time e de outras áreas, além de pessoas externas, como clientes e fornecedores. Todas essas visões não são consideradas na avaliação, o que poderia gerar informações mais abrangentes sobre o profissional.

 

Margem para enviesamento da análise

Outro ponto que merece atenção, é que, por se tratar de uma metodologia que envolve apenas duas pessoas, os resultados podem ser afetados por impressões ou questões pessoais entre elas.

Manter uma perspectiva puramente profissional não é tão fácil quando existem fatores externos exercendo forte influência. Por isso, cabe ao RH realizar um bom trabalho de orientação e acompanhamento para evitar o problema.

Como vimos, a avaliação 180 graus é uma metodologia de avaliação de desempenho muito interessante, que proporciona muitos benefícios, tanto para os profissionais quanto para a empresa.

A elaboração dos questionários e a preparação dos colaboradores e gestores deve ser feita de forma criteriosa pela equipe de gestão de pessoas, para que, assim, todos consigam aproveitar o melhor que a ferramenta tem a oferecer.

Essas dicas foram interessantes para aplicação em sua empresa? Para ter acesso a muitas outras informações como essas, diretamente na sua caixa de entrada, assine a nossa newsletter e receba tudo em primeira mão!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.