Enter your keyword

Saiba o que é feedback e quais são suas melhores práticas

Saiba o que é feedback e quais são suas melhores práticas

Saiba o que é feedback e quais são suas melhores práticas

Você sabe o que é feedback? O ambiente corporativo é rico em palavras e expressões que usamos o tempo todo, mas que nem sempre sabemos o que realmente significam e quais seus impactos no negócio.

Por isso, é importante buscar compreender melhor esses termos para utilizá-los de forma correta, extraindo o máximo de benefícios possíveis.

Pensando nisso, elaboramos este artigo para explicar o que é, de fato, o feedback, qual a sua importância para a empresa e quais as melhores formas de aplicá-lo. Além disso, vamos falar sobre as principais implicações que o feedback construtivo pode gerar na organização. Confira!

O que é um feedback?

Feedback, no sentido literal da palavra, significa retorno sobre uma determinada mensagem ou ação. Contudo, no contexto organizacional, o feedback vai além de uma simples resposta, podendo gerar efeitos bons ou ruins, a depender da forma como é fornecido. 

Na gestão de pessoas, o feedback é um elemento essencial para a manutenção de um bom clima organizacional, pois proporciona abertura para a comunicação e possibilidade de ajustes de condutas e alinhamento entre as expectativas das pessoas. Ele também é importante para que a empresa evolua, aprimorando seus processos continuamente.

Qual é a importância de se dar um bom feedback?

Assim como utilizamos diferentes métodos de avaliação de desempenho para analisar a performance dos times, o feedback é uma ferramenta essencial para compreender questões comportamentais e a relação entre os colaboradores. Trata-se de uma prática de grande importância para a empresa, em especial, do ponto de vista dos dois aspectos a seguir.


>> Leitura recomendada: [E-book] O bê-á-bá da Avaliação de Desempenho


Ajuda a corrigir posturas 

É normal que as pessoas não se comportem 100% do tempo da forma como a empresa ou seus colegas esperam. Por isso, é muito importante manter uma comunicação aberta e direta para que os problemas de posturas sejam corrigidos com mais agilidade, evitando atritos e insatisfações entre as partes.

Incentiva os colaboradores

Por outro lado, existem comportamentos e resultados que devem ser exaltados, tanto para que a pessoa saiba que está indo bem, quanto para que os demais aprendam com ela e comecem a seguir seus passos. Quem recebe esse tipo de feedback se sente mais motivado a dar o melhor de si, e seus colegas se tornam mais engajados a buscar pelo mesmo tipo de reconhecimento.

Gestão Estratégica de RH
 

Quais são as melhores práticas de feedbacks?

O feedback pode ser fornecido de diferentes formas, de acordo com a situação e as pessoas envolvidas. É importante destacar que ele deve ser feito com cuidado, principalmente se estiver relacionado a algo negativo, para não gerar ainda mais problemas na equipe. Veja algumas das principais táticas praticadas no mercado.

  • Feedback Positivo: quando a intenção é exaltar uma qualidade ou um bom resultado obtido, e é altamente recomendado que ele seja dado em público;
  • Feedback Negativo: quando a pessoa fez algo que não vai de encontro com as práticas e cultura da empresa e precisa ser advertida, o ideal é que seja feito em particular e que não sejam utilizadas palavras ou tons agressivos;
  • Feedback Construtivo: quando a pessoa apresenta uma sugestão de solução juntamente com o apontamento do erro ou equívoco cometido por quem vai receber o feedback;
  • Feedback Sanduíche: tática que usa um misto de tipos de feedback para deixá-lo mais palatável, começando com um retorno positivo, passando por um construtivo e finalizando com outro positivo.
 

Quais são os principais impactos dos feedbacks construtivos? 

Entre as metodologias de feedback apresentadas, a mais utilizada e que surte ótimos efeitos é a construtiva. Veja alguns deles abaixo.

Aumento no engajamento

O feedback construtivo se baseia em dois pontos principais: a identificação do problema e uma proposta de solução para ele. Dessa forma, quem o recebe não fica perdido, sem saber o que fazer para melhorar ou corrigir a situação apresentada. A pessoa já tem um direcionamento que a ajuda a pensar nos próximos passos, evitar novas ocorrências e se tornar um profissional melhor.


>> Leitura recomendada: [E-book] 03 maneiras para engajar sua equipe


Alinhamento cultural

A cultura organizacional é o coração da empresa e todos os colaboradores precisam estar sincronizados com ela para que as coisas fluam melhor. Ao perceber que alguém fez algo que não condiz com as práticas da organização, essa pessoa precisa ser advertida de forma precisa e eficiente.

O feedback construtivo cumpre esse papel, ao permitir que o gestor possa ensinar os fundamentos da cultura da empresa com base em exemplos práticos e mais próximos da realidade do colaborador.

 

Aumento de produtividade

Você deve conhecer o ditado que diz que “errar é humano, persistir no erro é burrice”. A questão é: mas e se a pessoa não souber que está errando? O feedback é a ferramenta que proporciona essa visão aos colaboradores, que passam a ter a oportunidade de implementar mudanças e interromper o ciclo de erros.

Com isso, os profissionais se tornam mais produtivos, entregando suas demandas em maior volume, menor tempo, maior qualidade e menor custo. Para o negócio, o conjunto desses elementos se traduz em rentabilidade e crescimento. Para as pessoas, isso implica em mais engajamento e evolução profissional.

Retenção de talentos

O clima organizacional é um componente muito sensível na gestão de pessoas. Não raro, problemas bem pequenos podem causar enormes estragos por falta de atenção ou por subestimar seu potencial de dano. Por meio de uma cultura de feedback fortalecida, mesmo as situações mais intensas podem ser resolvidas com mais tranquilidade e naturalidade, sem que as pessoas saiam prejudicadas ou se sintam diminuídas.

Além disso, o dia a dia da organização se torna mais leve e o trabalho mais prazeroso de ser realizado. Colaboradores e gestores convivem em harmonia, aprendendo a cada desafio e se desenvolvendo juntos. Diante desse cenário, os profissionais não têm motivos para deixar a empresa e isso reflete nos índices de rotatividade e turnover

Enfim, depois de aprender o que é feedback e tudo o que ele tem a oferecer para a organização, você pode estar com uma nova visão acerca desse termo, o que é muito bom. Então, aproveite esse momento para repensar a forma como a comunicação é feita em sua empresa e comece a implementar mudanças que ajudem a melhorar o ambiente interno e gerar mais resultados para o negócio!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.