Enter your keyword

Descrição de Cargos e Salários: principais métodos de realização!

Descrição de Cargos e Salários: principais métodos de realização!

Descrição de Cargos e Salários: principais métodos de realização!

Para preencher as vagas corretamente e garantir a retenção de talentos, o RH precisa se preocupar com a descrição das atividades das pessoas dentro da empresa. Para isso, é muito importante ter uma boa descrição de cargos. Por meio do registro das informações, tarefas e atribuições que compõem um cargo e das demais características que lhe conferem um identidade própria é possível alinhar expectativas, evitar desvios de função e processos trabalhistas.

Quanto as políticas salariais, este é também um ponto crucial e indispensável. No entanto, as empresas têm falhado nessa questão — e não só no Brasil. Para ter uma ideia, apenas 19% dos trabalhadores norte-americanos estão satisfeitos com o que ganham, por exemplo.

Com a atenção certa a esses dois aspectos, descrição de cargos e políticas salariais, a empresa consegue se posicionar melhor e engajar os colaboradores. A seguir, veja como fazer a descrição de cargos e a estrutura de uma tabela de salários.

Como elaborar a descrição de cargos?

Para garantir que as vagas sejam descritas do jeito certo, é muito importante entender o contexto de cada função. Além de compreender a área e as competências desejadas, vale identificar como todos esses elementos se relacionam. Todos esses dados têm que dar origem a uma descrição objetiva, completa e que levante responsabilidades, obrigações e performance esperada.

A fim de validar, é oportuno buscar os ocupantes e os gestores. Por meio de uma pesquisa ou de uma entrevista direta, torna-se possível ter um entendimento sobre se o registro corresponde à realidade das atividades.

Como montar uma tabela salarial?

A criação de uma tabela de remuneração não envolve apenas o quanto cada função deve receber. É preciso considerar progressões de experiência e qualificação, assim como aumentos de responsabilidade dentro da função.

Para garantir a competitividade, é válido começar com um comparativo. Faça uma pesquisa de mercado para entender o quanto a concorrência tem oferecido. Assim, dá para se orientar quanto a manutenção ou não das políticas adotadas e fortalecer a imagem da organização perante seus colaboradores caso opte por uma opção mais atraente.

Vale lembrar que os valores da política devem ser definidos de acordo com o equilíbrio externo e com o interno. O primeiro tem a ver com os níveis praticados no mercado, de modo a não obter números discrepantes. Já no aspecto interno, o importante é criar uma ordem justa, com o salário definido de acordo com o posicionamento relativo de cada cargo dentro da hierarquia, ou seja, seu nível de importância interna.

Para completar, vale observar a linha de tendência. Ela corresponde a uma representação gráfica da progressão da política salarial e ajuda a identificar a correlação entre a tendência do mercado e a avaliação interna do cargo. Assim, é possível verificar se algum salário está muito distante do ideal.


Qual o papel das empresas especialistas?

Dependendo do tamanho ou da complexidade do ambiente de trabalho, criar a descrição de cargos ou a política salarial não é uma tarefa fácil. Além disso, é preciso atuar de forma estratégica para obter os melhores resultados.

Nesse sentido, contar com empresas especialistas pode ser crucial. Ao contratar uma consultoria de RH, é possível ter o apoio de um time profissional e capaz de identificar necessidades e oportunidades. Com isso, a elaboração desses elementos fica muito mais eficiente.

A descrição de cargos e o plano salarial são dois recursos fundamentais na gestão de pessoas. Com essas metodologias e com a ajuda especializada, é possível chegar ao resultado desejado.

Quer se aprofundar no tema? Então, baixe gratuitamente nosso e-book e veja 4 pilares para construir um plano de cargos e salários estratégico.

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.