Enter your keyword

Como elaborar as perguntas para pesquisa de clima organizacional

Como elaborar as perguntas para pesquisa de clima organizacional

Como elaborar as perguntas para pesquisa de clima organizacional

O questionário de pesquisa de clima é uma ferramenta que ajuda o RH a realizar um diagnóstico da equipe, auxiliando na  identificação de problemas no ambiente de trabalho e na definição de planos de ações estratégicos. 

Saber como elaborar as perguntas para a pesquisa de clima organizacional é essencial para garantir bons resultados, contudo, muitos profissionais têm dúvidas de quais as melhores perguntas para pesquisa de clima organizacional. 

Pensando nisso, elaboramos este artigo explicando um pouco mais sobre a ferramenta e seus benefícios e exemplificando 15 perguntas que podem ajudar você a entender a percepção dos colaboradores e melhorar sua gestão de pessoas. Confira. 

O que é pesquisa de clima organizacional?

A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta que ajuda o RH a identificar conflitos no ambiente de trabalho e a melhorá-lo. Ela permite que o gestor tenha um panorama sobre as percepções dos colaboradores e funciona como um termômetro que mede seus pensamentos e sentimentos.

Além de mensurar a percepção dos colaboradores sobre o ambiente interno, a pesquisa de clima também possibilita que o RH entenda a forma como a liderança é exercida, as motivações da equipe e o alinhamento dos profissionais com os objetivos da organização. 

Todas as informações levantadas permitem uma gestão de pessoas mais embasada e orienta a tomada de decisões de forma estratégica, sempre buscando mais satisfação do time, o que, consequentemente, contribui para melhorias na produtividade e nos resultados.

Como funciona a pesquisa de clima? 

A aplicação da pesquisa é feita por meio de um questionário com perguntas que devem ser elaboradas pelo RH, em parceria com a gestão da empresa. O questionário deve ser aplicado, pelo menos, uma vez por ano, mas pode ser utilizado com mais frequência, caso a gestão sinta necessidade. 

O ideal é que os colaboradores possam respondê-la de forma anônima, sentindo-se confortáveis para compartilhar suas percepções sem medo de julgamentos ou de sofrer represálias.  

Qual a importância da pesquisa de clima organizacional?

O conceito de clima organizacional está diretamente ligado à influência que o contexto pode exercer sobre o desempenho dos colaboradores. Dessa forma, enquanto um bom clima reflete em mais satisfação, engajamento, interesse e colaboração, um clima tóxico acaba provocando apatia, desinteresse, insatisfação e até problemas de saúde mental. 

Medir o clima, portanto, é essencial para diagnosticar problemas dentro da organização a partir do ponto de vista dos colaboradores, garantindo mais qualidade de vida no trabalho e melhores resultados financeiros para o negócio.

>> Leitura recomendada: Qual é a importância do clima organizacional para a empresa? Veja!

Benefícios da pesquisa de clima organizacional

beneficios-da-pesquisa-de-clima-organizacional

Quando a pesquisa de clima é aplicada com regularidade e seus resultados são utilizados para propor melhorias na gestão de pessoas, os desdobramentos são muito positivos. Entre os benefícios, podemos citar:

  • Identificação de pontos de melhoria;
  • Otimização da comunicação interna;
  • Aumento da produtividade;
  • Queda da rotatividade;
  • Maior atração de talentos;
  • Aumento da motivação e do engajamento dos times;
  • Minimização dos conflitos internos.

Como aplicar a pesquisa de clima?

Embora muitos profissionais entendam a importância da pesquisa de clima, nem sempre eles sabem como estruturá-la e quais perguntas devem ser feitas. Para ajudar nessa etapa, listamos algumas boas práticas, confira a seguir. 

Planejamento

O planejamento é a base de qualquer estratégia no mundo corporativo e é o primeiro passo para elaborar sua pesquisa de clima. Assim, é ideal identificar quais os objetivos da empresa e em quais aspectos a organização precisa melhorar para, então, definir perguntas que façam sentido e estejam alinhadas. 

Os objetivos da pesquisa podem ser, por exemplo:

  • Obter uma visão real do clima organizacional;
  • Empoderar líderes e equipes;
  • Fortalecer um canal de relacionamento;
  • Acompanhar resultados de um plano de ação;
  • Desenvolver lideranças;
  • Monitorar a cultura organizacional, entre outros. 

Organização

As perguntas feitas na pesquisa devem ser definidas de forma estratégica, conforme o objetivo estabelecido e devem ser redigidas em uma linguagem acessível e objetiva, de modo a não deixar dúvidas ou ambiguidades. Nesse momento, também vale definir se a pesquisa será feita no papel ou se a empresa utilizará uma ferramenta de automação, para facilitar a coleta de resultados. 

Na hora de organizar o questionário, defina perguntas que abordem temas como:

  • Alinhamento com a empresa;
  • Bem-estar no trabalho;
  • Carreira;
  • Desenvolvimento profissional;
  • Sentimento de pertencimento;
  • Estrutura do trabalho;
  • Feedback e reconhecimento;
  • Satisfação com o trabalho;
  • Liderança;
  • Relacionamento interpessoal.

Aplicação

Busque abordar os assuntos com naturalidade e de forma fluida para não tornar a pesquisa uma tarefa cansativa. Além disso, tente inserir a atividade na rotina da equipe, tornando o questionário algo natural e não um momento de pressão ou ansiedade. 

Os colaboradores devem perceber a pesquisa como uma oportunidade de compartilharem opiniões e participarem ativamente de melhorias na organização. Assim, utilize os canais de comunicação para apresentar a ferramenta e falar sobre a importância de respondê-la de forma franca. 


Perguntas para pesquisa de clima organizacional

Para facilitar o processo de pesquisa de clima, listamos 15 exemplos de perguntas que podem ser utilizadas no seu questionário. Confira e tire inspiração para elaborar uma pesquisa personalizada. 

1. Você se sente reconhecido por seu líder nas tarefas entregues? 

Essa é uma das perguntas para pesquisa de clima organizacional que ajudará o RH a identificar o comportamento das lideranças e o sentimento de reconhecimento dos profissionais. Vale destacar que a valorização e o reconhecimento funcionam como uma bússola para que o colaborador entenda o que precisa continuar fazendo e onde está errando. 

2. Você acha que a remuneração que recebe é justa para as funções que desempenha? 

Além de pesquisas de mercado e um bom plano de cargos e salários, a percepção dos colaboradores também pode ser utilizada para entender se as remunerações oferecidas estão suprindo as expectativas do time. 

>> Leitura recomendada: [Infográfico] Etapas da construção de um Plano de Cargos e Salários

3. Existe algum benefício que você sente falta de receber? 

O RH é o responsável pela gestão de benefícios corporativos oferecidos aos colaboradores. Assim, ele pode utilizar a pesquisa para levantar novas ideias de benefícios atrativos que garantam um diferencial competitivo no mercado. 

Lembre-se que uma boa remuneração, somada a benefícios bem escolhidos, evita o turnover e ajuda a melhorar o clima organizacional e a motivação da equipe. 

4. Você considera a comunicação da empresa transparente?

Entender a percepção do profissional sobre a comunicação interna também é importante. Organizações que não se comunicam com os colaboradores de forma transparente, tendem a favorecer um ambiente de insegurança e especulações desnecessárias. Todo esse ruído impacta diretamente na produtividade e no engajamento dos profissionais. 

5. Você tem acesso a infraestrutura necessária para realizar suas atividades?

A produtividade de um time está associada diretamente ao ambiente de trabalho e sua infraestrutura. Se o ambiente é barulhento, quente demais ou tem equipamentos ultrapassados e que não funcionam direto, dificilmente os resultados serão tão bons quanto poderiam ser em um cenário diferente. 

As respostas a essa pergunta, portanto, podem ajudar o RH a pensar em novas ações e investimentos para melhorar o ambiente de trabalho elevando o potencial do time.  

6. Você entende qual o seu papel no crescimento da empresa?

Uma empresa que valoriza o capital humano entende como as pessoas são importantes para os bons resultados e para o crescimento do negócio. Mas será que você passa essa visão para os próprios colaboradores?

Essa pergunta ajudará a entender a percepção dos profissionais sobre seus papéis e sobre o quanto a empresa os valoriza, mostrando como está o sentimento de pertencimento dentro do ambiente de trabalho. 

7. Você se sente sobrecarregado ou desempenhando mais tarefas do que deveria?

É importante entender se o colaborador considera sua jornada produtiva e se consegue entregar tudo o que lhe é cobrado, dentro do tempo proposto. Além disso, a pergunta pode ajudar no gerenciamento de tarefas e a identificar profissionais sobrecarregados, que possam estar sofrendo com altos níveis de pressão, o que impacta, inclusive, em sua saúde mental. 

8. Você se sente confortável para conversar e colaborar com sua equipe?

Grande parte do clima organizacional é influenciado pelo relacionamento entre os colaboradores. Um bom convívio garante um melhor trabalho em equipe e, consequentemente, melhores resultados. Por isso, é importante fazer essa pergunta para entender se existem conflitos no time e qual o nível de engajamento entre eles.

9. Você tem autonomia para decidir as melhores formas de realizar suas atividades?

O microgerenciamento e a falta de autonomia acabam limitando os profissionais e podem impactar em suas entregas e no seu desempenho. Assim, é válido entender como o colaborador se sente em relação a isso e se existe abertura para que ele possa escolher as melhores formas de executar suas tarefas. 

10. Você acha que a cultura organizacional é colocada em prática nas ações cotidianas da liderança?

Os propósitos e valores pregados pela organização são realmente colocados em prática? De nada adianta ter uma cultura linda no papel, mas que não é aplicada nas ações do dia a dia da empresa. Dessa forma, observar a percepção do time sobre esse aspecto pode ajudar na definição de melhores treinamentos de lideranças. 

11. A sua opinião é levada em conta na tomada de decisões?

Os colaboradores podem contribuir de forma poderosa quando são estimulados a compartilharem opiniões e ideias. É importante, no entanto, que a gestão esteja aberta a escutar e levar em conta essas opiniões na tomada de decisões. 

Incluir essa pergunta na sua pesquisa de clima é uma forma de entender a percepção dos profissionais sobre a abertura da gestão e o relacionamento interno. 

12. Você sente que a empresa se importa com você como pessoa?

Mais do que apenas serem valorizadas por seu trabalho, as pessoas querem ser reconhecidas como indivíduos, com particularidades e características próprias. Entender que aquele profissional também tem problemas pessoais e está conciliando a carreira com a vida é essencial para criar relacionamentos duradouros. 

Assim, essa pergunta ajuda o RH a entender como está a humanização nos processos internos e se as demandas da gestão estão valorizando também as questões comportamentais

13. Você acredita que seu time está motivado a entregar um trabalho de qualidade?

Normalmente, os colegas de trabalho conseguem perceber quando parte da equipe está desmotivada com as atividades. A pergunta pode ajudar, portanto, a identificar problemas como esse e elaborar ações de contenção, para evitar que o comportamento contamine outros colaboradores. 

14. Você se sente confortável para pedir feedbacks para seu líder?

Os feedbacks são ferramentas essenciais para a gestão de pessoas e os colaboradores devem sentir abertura para solicitá-los sempre que precisarem alinhar uma demanda ou tiverem dúvidas sobre processos. 

Caso a pesquisa de clima aponte que os profissionais não sentem essa abertura, é importante criar planos de ação, estabelecendo uma periodicidade recomendada para reuniões de feedbacks. 

15. Você conhece suas possibilidades de crescimento dentro da empresa? 

Por fim, é importante mensurar o quanto os planos de carreira da empresa são claros para os colaboradores. Quando não conhecem suas possibilidades de crescimento, é comum que os profissionais se acomodem e acabem perdendo a motivação. 

No entanto, se a organização conta com um plano de carreira estruturado, mas a equipe desconhece essa possibilidade, isso denota uma falha no processo de comunicação, que precisa ser corrigida o quanto antes. 


O protagonismo do RH na pesquisa de clima

Elaborar boas perguntas para pesquisa de clima organizacional é uma forma de trazer mais estratégia para a gestão de talentos, possibilitando ao RH um papel de protagonismo. Com as informações levantadas com a ferramenta, o setor consegue direcionar melhor seus esforços e embasar a tomada de decisões em dados reais e tangíveis. 

Esse tipo de ferramenta deve ser vista como um investimento estratégico com foco no colaborador e em seu desempenho e serve para valorizar as percepções do time e mostrar que eles são parte importante do negócio. Sua aplicação precisa ser feita com regularidade, para validar as ações aplicadas e garantir um processo de melhoria contínua. 

Os resultados da pesquisa de clima ajudam a identificar lacunas que precisam de atenção e investimento, possibilitando melhorias reais na gestão, que impactam na entrega de resultados e na manutenção de um ambiente de trabalho harmonioso e colaborativo.

Agora que você já sabe o que é a ferramenta e como elaborar as perguntas para pesquisa de clima organizacional, baixe também nosso guia definitivo sobre gestão estratégica de RH.  

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Co-Founder da Sociis RH

Um Comentário

Comente

Seu e-mail não será publicado.