Enter your keyword

Veja como motivar uma equipe com ações de RH

Veja como motivar uma equipe com ações de RH

Veja como motivar uma equipe com ações de RH

Dentro da gestão de pessoas, saber como motivar uma equipe é um dos trunfos que todo departamento de RH precisa ter. Com um mercado cada vez mais competitivo, a motivação dos colaboradores se torna essencial para garantir os melhores resultados e, assim, se destacar da concorrência.

Sabemos que o capital humano é o bem mais precioso das organizações. Garantir a satisfação dos colaboradores é, então, um caminho óbvio para o crescimento dos negócios e sua longevidade. Nesse artigo vamos falar mais sobre como motivar sua equipe com dicas e exemplos de ações práticas.

A motivação no trabalho

É praticamente impossível falar de gestão de pessoas sem mencionar a importância da motivação. Ela é o que garante o alinhamento de todos os profissionais para alcançar um objetivo comum aos membros do time.

Durante o processo produtivo, a motivação tende a se perder conforme entramos em uma rotina. A repetição das mesmas atividades, sem foco na criatividade, acaba tornando o serviço maçante. Aqui entra o trabalho ativo do RH, para não deixar a peteca cair.

Partindo do pressuposto que os recursos humanos são os bens mais preciosos de qualquer empresa, fica fácil entender a importância de saber como motivar uma equipe.

O profissional motivado compreende a missão da empresa e continua ali pois acredita nos mesmos valores. Portanto, tem mais facilidade em encontrar forças para participar e se doar aos processos.

Aqui, é importante ressaltar que um colaborador motivado não é aquele que impulsivamente se joga no trabalho à despeito de seu próprio bem-estar. Para produzir bem, é preciso estar saudável e confortável em suas funções.

>> Leitura recomendada: O que é a qualidade de vida no trabalho e qual a sua importância

Assim, sobra energia para elaborar estratégias e propor novos métodos para otimizar o trabalho. Motivada, a equipe consegue trabalhar menos e render mais.

Os riscos do trabalho desmotivado

Se de um lado temos as vantagens de aprender como motivar sua equipe, do outro é preciso entender também os riscos do cenário oposto. Quando não existe motivação dentre os funcionários, o trabalho passa a ser mecânico e pouco frutífero. Os esforços tornam-se cada vez maiores para entregar resultados progressivamente piores.

O trabalho desmotivado logo pode ser percebido nas análises de desempenho. Um sinal de alerta nesse sentido é a alta rotatividade de pessoal (turnover), que indica uma insatisfação geral dentre os colaboradores.

Os resultados ruins que vêm de uma equipe desmotivada certamente afetam as finanças da empresa. Para além dos custos de seleção e treinamento, a baixa no desempenho prejudica a qualidade das entregas e na satisfação dos clientes.

O papel do departamento de recursos humanos

Como você já sabe bem, o RH atua para garantir bom relacionamento entre a empresa e seus profissionais. Em especial, a gestão de pessoas é a área que olha com atenção para os colaboradores e garante qualidade nas relações.

É preciso cuidar dos detalhes para criar laços genuínos e positivos entre a organização e seus funcionários. O valor da empresa nasce dessa união e ganha muito quando existe alinhamento entre os objetivos da organização e de seus colaboradores.

Lembrando que uma boa gestão dos recursos humanos é uma das chaves para o sucesso de qualquer organização. Nesse sentido, o RH tem um papel fundamental para a prosperidade da empresa, pois atua diretamente no cuidado com os colaboradores.

No fim, o objetivo da gestão de pessoas precisa ser o de desenvolver equipes que estejam genuinamente engajadas, motivadas e alinhadas com os objetivos da organização. Quando existe essa sincronia, o profissional passa a trabalhar não apenas pelo salário, mas, porque acredita no propósito da negócio.


Como manter os colaboradores motivados

Trabalhar com RH vai muito além de organizar contratações e desligamentos. Devemos cuidar das relações no dia a dia para garantir bons resultados a longo prazo.

Entender o conceito de motivação no trabalho certamente é um passo na direção certa. Confira a seguir nossas dicas para manter os colaboradores motivados.

Elabore (e siga) um planejamento

Nós já falamos aqui no blog sobre a importância do planejamento de RH, mas, não custa reforçar. 

Antes de sair agindo de maneira aleatória, é importante que o departamento tenha um planejamento sólido que considere o curto, médio e longo prazo. Suas ações de hoje precisam ser calculadas e considerar as possibilidades para o futuro da empresa.

Ao traçar o plano de ação com antecedência, você se certifica que vai sempre trabalhar com foco no objetivo.

É importante se manter fiel ao planejamento conforme o tempo passa, mas, lembre-se que você não está preso a ele. O plano pode e deve ser alterado com o tempo. O mais importante é ser coerente com sua estratégia.

Assuma sua responsabilidade

Infelizmente, é comum que chefes e gestores busquem logo um culpado para expiar a culpa de resultados ruins. Mas, de nada adianta tratar a falta de motivação como uma fraqueza da equipe e não exercer nenhuma autocrítica.

Nesse sentido, nossa dica é que você saiba reconhecer sua responsabilidade sobre os resultados ruins de sua equipe. Um bom chefe precisa ser capaz de reconhecer sua responsabilidade sobre os resultados e liderar pelo exemplo.

No caso dos gestores de RH, vale a pena refletir sobre as políticas organizacionais, para entender qual o impacto que suas decisões têm sobre a motivação dos funcionários.

Conheça seu time

É um erro acreditar que uma vez decidida, sua estratégia será válida para todo sempre. Conforme mencionamos anteriormente, o planejamento precisa ser flexível ao contexto da empresa. Aqui fica clara a importância de conhecer seu time e suas necessidades.

Mudar o comportamento e as preferências de cada membro da equipe é impossível. Por isso, é importante que a empresa seja capaz de adaptar seu modelo de gestão para melhor dialogar com as equipes. Conheça bem seu time para escolher as ações mais assertivas de acordo com o perfil dos funcionários.

>> Leitura recomendada: [E-book] Guia para construir uma equipe de alta performance

Estabeleça metas

Toda motivação deve, necessariamente, levar a algum objetivo final. O trabalho do RH é motivar a equipe a caminhar rumo a um ponto comum. Nesse sentido, estabelecer metas claras e tangíveis pode ser uma ferramenta interessante.

O método pode não funcionar com todos os perfis de colaborador, mas, vale a pena testar. Para garantir maior engajamento, a definição das metas pode ser feita em conjunto com os profissionais de cada área.

Ofereça feedbacks

Vamos supor que você já conta com uma equipe motivada. A manutenção desse estado depende da continuidade do bom relacionamento entre empresa e funcionário. A comunicação é importantíssima aqui. Os canais entre RH e colaborador devem estar sempre abertos para garantir transparência.

Nesse sentido, é muito importante oferecer feedbacks sobre o trabalho desempenhado. O colaborador precisa saber se sua performance atende ou frustra as expectativas do cargo. Para isso, o RH pode agendar conversas periódicas para analisar os pontos fortes e os pontos fracos de cada um.

Aceite feedbacks

Quando falamos sobre a importância de ter os canais de comunicação abertos, isso serve para ambas as partes. O feedback não pode existir apenas de um lado, é importante que essa seja uma via de mão dupla.

Por isso, a gestão de pessoas também deve estar pronta para aceitar as opiniões e demandas dos colaboradores. A motivação das equipes ganha muito quando a empresa é capaz de ouvir e aplicar os feedbacks do trabalhador para construir melhorias.


03 ações de RH para motivar a equipe

Como vimos até aqui, a motivação dos colaboradores depende de um trabalho ativo do RH para garantir a qualidade dos relacionamentos. 

Para além das boas práticas do dia a dia, é possível organizar algumas ações pontuais para aumentar o engajamento do time. Confira a seguir três ideias para você se inspirar em sua gestão de pessoas.

1) Quem sou eu?

Com foco no autoconhecimento, essa atividade tem uma dinâmica bem simples. A ideia é organizar os colaboradores em círculo e distribuir um questionário com 10 perguntas.

As questões devem levar o profissional a falar mais sobre si mesmo. Por isso, você pode incluir tópicos como “qual seu propósito? ” ou “quais são seus pontos de melhoria? ”. 

A partir disso, vamos intercalar as respostas do grupo, de maneira a incentivar a empatia e colaboração entre os membros da equipe. A ideia é que os colegas possam oferecer feedback uns aos outros, de modo a contribuir para o crescimento pessoal e profissional de cada um.

2) Ilha do Tesouro

Um pouco mais descontraída, a ação da Ilha do Tesouro pode ser uma boa pedida para momentos de descompressão. Tudo que você vai precisar é de uma recompensa – algo palpável, como uma caixa de bombons ou um brinde – e algumas folhas de papel.

Em algum lugar da sala, posicione a recompensa no chão sobre uma folha de papel. Essa será a Ilha do Tesouro. Em seguida, divida o grupo em duplas. Cada equipe ganha uma folha de jornal e só pode pisar em cima dela, nunca diretamente no chão.

O desafio, então, é se movimentar juntos para chegar até a “ilha”. Se a folha rasgar ou se alguém da dupla pisar diretamente no chão, ambos são desclassificados.

Além de estimular o trabalho em grupo, essa ação certamente trará bons momentos de descontração e algumas risadas para seus colaboradores.

3) Carta para seu eu futuro

Para essa ação, o colaborador é convidado a escrever uma carta para si mesmo. A ideia é preencher a folha com metas e ambições que ele tem para o futuro. Você pode escolher períodos curtos, como 60 dias, ou mais longos, de até um ano.

Passado o tempo, as cartas serão entregues de volta a seus autores para que possam celebrar suas conquistas e definir novas metas.

Essa dinâmica ganha muito com a periodicidade. A ideia é incluí-la na rotina e refazer a atividade de tempos em tempos para acompanhar o desempenho e manter a motivação em dia.

Motive e prospere

Dentro de uma organização, o capital social é um dos bens mais preciosos e por isso precisa ser preservado. Para além das políticas organizacionais, é preciso construir um ambiente de trabalho agradável para atrair e reter profissionais talentosos. 

A motivação não pode nunca ser perdida de vista. Lembre-se que motivados, os colaboradores trabalham melhor e garantem mais qualidade nas entregas.

Por isso, saber como motivar uma equipe é essencial para sua empresa prosperar e garantir longevidade aos negócios. Para colher os benefícios de profissionais motivados, não se esqueça de seguir as dicas desse artigo!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.