Enter your keyword

Desenvolvimento de talentos: como ter colaboradores engajados na empresa?

Desenvolvimento de talentos: como ter colaboradores engajados na empresa?

Desenvolvimento de talentos: como ter colaboradores engajados na empresa?

Embora a tecnologia forneça as ferramentas e a velocidade necessária, os talentos humanos são a chave para a entrada da inovação nas organizações atuais. É preciso garantir não só a contratação dos profissionais adequados, mas também o desenvolvimento de talentos dentro da organização, a fim de ter equipes cada vez mais alinhadas, qualificadas e produtivas.

O desenvolvimento consiste em treinamentos constantes, a partir de avaliações de desempenho e levantamentos de necessidades. Ele deve considerar a cultura e os propósitos da organização em curto, médio e longo prazo.

Ajudar os colaboradores a se desenvolverem nem sempre é uma missão simples. Para auxiliar você, preparamos um guia com cinco etapas essenciais para desenvolver os melhores talentos nas suas equipes. Acompanhe!

Saiba quem é a sua equipe

Para desenvolver um talento com sucesso, é preciso ir além de avaliações de desempenho. Muitas habilidades podem não ser reveladas nesses resultados por não serem utilizadas nas atribuições diárias do colaborador.

Para isso, trabalhar em conjunto com os gestores das equipes é essencial, pois eles convivem com os profissionais e podem conhecê-los melhor. Assim é possível ter um entendimento sobre quais áreas ou funções tem mais congruência com o perfil de cada um e posicioná-los de modo estratégico, investindo em novos conhecimentos onde eles serão mais produtivos.

Outra dica é utilizar a metodologia de Mapeamento de Talentos, que identifica as potencialidades de cada um, seus principais interesses e motivações. Dessa forma, é possível direcionar o desenvolvimento de acordo com o perfil de cada um, otimizando os resultados.


Utilize e acompanhe os indicadores

O monitoramento é essencial em qualquer processo de gestão. Indicadores como avaliação de aprendizagem, retenção de talentos, produtividade, satisfação do cliente e satisfação do colaborador devem ser a base para o estabelecimento de metas.

Eles devem ser assistidos de perto para que seja possível identificar as áreas que estão funcionando bem e as que precisam de melhorias. Incentive a colaboração entre as equipes! O desenvolvimento de talentos não é uma tarefa que deve ser realizada apenas pelo setor de RH.

Acompanhar essas métricas é importante para avaliar a eficiência do processo de desenvolvimento de talentos e estabelecer novos e aprimorados programas a partir de seus resultados.

Ofereça bons feedbacks

Oferecer treinamentos pode não ser o suficiente se você não conseguir envolver e motivar o colaborador para que ele continue a dar o melhor de si. Portanto, é preciso oferecer bons motivos para que ele entenda os benefícios de seu esforço em médio e longo prazo.

Fornecer feedbacks regularmente é uma forma de ajudar o colaborador a potencializar seus aprendizados, identificando pontos de melhoria, reconhecendo os bons resultados alcançados e mostrando como isso auxiliará seu crescimento na organização.

>> Leitura recomendada: Feedback positivo x negativo: como ser mais assertivo

Sempre comece com elogios, mostre os benefícios e perspectivas criadas pelos novos aprendizados para, só depois, falar sobre possíveis falhas e necessidades de mudança. No final, deixe claro que o profissional terá todo o apoio necessário para melhorar seu desempenho e continuar a desenvolver suas habilidades.


Invista em qualificação

Encontrar talentos qualificados e alinhados com a cultura da empresa não é fácil. Por esse motivo, a grande jogada é investir na qualificação dos colaboradores para assumir novos postos e responsabilidades na organização.

Essa iniciativa, além de apoiar o desenvolvimento de talentos e contribuir para a sustentação de uma cultura sólida, aumenta a motivação e o engajamento do colaborador. Isso porque percebem que seu potencial é valorizado e que há boas perspectivas de futuro para eles na empresa.

Crie um plano de desenvolvimento individualizado

Para garantir o sucesso do desenvolvimento de talentos, é preciso criar um plano individualizado para cada um dos profissionais da sua equipe. Isso significa investir em um programa de desenvolvimento que seja customizado para atender às necessidades específicas de cada um, considerando seus objetivos, habilidades e áreas de interesse.

O plano deve ser criado em conjunto com o profissional, para garantir que ele esteja realmente comprometido com o processo. Além disso, é importante estabelecer um cronograma de atividades e prazos para cada etapa do plano, para que todos saibam exatamente o que precisa ser feito e quando.

>> Leitura recomendada: Como fazer um PDI e implementá-lo na sua empresa?

Desenvolva a equipe como um todo

Além de investir em cada um dos talentos da sua equipe, é importante desenvolvê-la como um todo. Para isso, é preciso criar um ambiente de aprendizagem, onde os profissionais se sintam seguros para experimentar novas soluções e compartilhar seus conhecimentos.

Esse clima de colaboração e troca de experiências estimula a criatividade e a inovação, que são fundamentais para o sucesso de qualquer negócio.

Uma sugestão é investir em programas de mentoria, que ajudam a acelerar o aprendizado e o desenvolvimento de novas habilidades. Nesse modelo, os profissionais mais experientes da equipe são os mentores, que compartilham seus conhecimentos com os menos experientes.

Dessa forma, todos saem ganhando, pois os mentores também desenvolvem suas habilidades de liderança e comunicação, além de serem reconhecidos como referências na empresa.

Guia construção equipe alta performance

Conte com o apoio da liderança

Para garantir o sucesso do desenvolvimento de talentos, é fundamental que a liderança da empresa esteja envolvida e apoie o processo. Os líderes precisam estar disponíveis para conversar com os profissionais da equipe, para entender suas necessidades e ajudá-los a desenvolver seus talentos.

Além disso, os líderes precisam ser exemplos para os outros, mostrando que é possível crescer na empresa e desenvolver sua carreira, mesmo que isso signifique assumir novos desafios.

Conclusão

O desenvolvimento de talentos é um dos principais pilares do RH, porém, essas ações só serão efetivas se os gestores conseguirem motivar e engajar os colaboradores de modo que eles se sintam parte do negócio e não pensem em deixá-lo.

É muito importante zelar pela qualidade de vida, oferecer flexibilidade no trabalho e estruturar bons planos de carreira e remuneração para que os talentos desenvolvidos sejam efetivos na força de trabalho e representem um bom retorno sobre o investimento.

Para garantir que todos esses fatores estejam alinhados é muito importante contar com uma consultoria especializada em Recursos Humanos. Ela auxilia no planejamento estratégico, processos seletivos, planos de cargos e salários e outros processos importantes.

Quer conhecer as melhores soluções para o seu RH e obter sucesso no desenvolvimento de talentos da sua empresa? Entre em contato com a gente!

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Co-Founder da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.