Enter your keyword

O que é talent acquisition e suas vantagens para a empresa

O que é talent acquisition e suas vantagens para a empresa

O que é talent acquisition e suas vantagens para a empresa

Será que seus processos de recrutamento e seleção realmente trazem resultados que farão diferença na empresa a longo prazo? Embora eficientes, nem sempre as contratações pontuais oferecem o que seu negócio precisa para crescer de forma saudável. Pensando nisso, foi elaborado o talent acquisition. 

Quer entender melhor o que é essa abordagem, como surgiu o conceito, como sua empresa pode colocá-la em prática e outras informações sobre o assunto? Então confira nosso texto na íntegra. 

O que é talent acquisition?

O talent acquisition ou aquisição de talentos é uma abordagem estratégica não linear para identificar, atrair e integrar os melhores profissionais no time da empresa. O objetivo é antever as necessidades da organização e colocar os profissionais certos nas posições certas, por meio de uma rede de relacionamento que funciona a longo prazo. 

O processo consiste na criação de um portfólio de talentos. Dessa forma, quando aparecem novas oportunidades, o RH pode utilizar profissionais internos para preencher aquela vaga. A estratégia possibilita que o recrutamento e seleção se tornem parte de um planejamento maior, e não apenas contratações pontuais. 

Como surgiu o conceito?

Não existe um marco específico que determine o surgimento do talent acquisition. O que se sabe é que o modelo passou a ser implementado para atender as mudanças no comportamento da sociedade. 

Antes, era normal que os profissionais buscassem uma boa oportunidade de emprego e permanecessem na mesma empresa até a aposentadoria. Esse era o termômetro que media o sucesso profissional daquela geração. 

Com a revolução tecnológica, tanto os profissionais quanto as empresas se tornaram mais exigentes e as organizações começaram a implementar estratégias de gestão de pessoas.

Nesse novo cenário, os candidatos mais preparados e qualificados passaram a ser disputados pelas empresas e, aí, nasceu a necessidade de contratações mais estratégicas do que pontuais, incorporando o talent acquisition. 

Qual a diferença entre talent acquisition e recrutamento?

diferenca-entre-recrutamento-e-talent-acquisition

Embora algumas pessoas confundam, o recrutamento e o talent acquisition são abordagens distintas do RH. Na verdade, podemos dizer que o primeiro é parte do segundo. 

Enquanto o recrutamento é um processo reativo e imediato, que visa suprir uma demanda específica da empresa, o talent acquisition é pensado para ter efeito a longo prazo, ou seja, busca não só suprir uma necessidade no presente, quanto outras no futuro. 

Isso quer dizer que, quando o RH utiliza essa estratégia para uma contratação, ele está pensando em toda a contribuição que aquele candidato pode oferecer à empresa ao longo do tempo, em vagas que se abrirão no futuro e na construção de uma carreira para o colaborador dentro do negócio. 

Qual a importância do talent acquisition?

Entender a importância da aquisição de talentos é essencial para que o RH implemente esse tipo de estratégia na empresa. O primeiro ponto que podemos destacar é que o método ajuda você a selecionar profissionais diferenciados, já entendendo todo o potencial que eles podem oferecer a empresa.

A estratégia de TA também é importante para garantir mais retenção de talentos, isso porque, as contratações são mais assertivas, com profissionais que entendem a proposta da empresa e estão alinhados à cultura

Além disso, o talent acquisition também torna os processos seletivos mais rápidos e assertivos e é uma importante estratégia de employer branding, o que torna a imagem da empresa mais atrativa no mercado. 

O que faz o profissional de TA?

O profissional de TA é o responsável por traçar estratégias para encontrar, avaliar e contratar pessoas talentosas que possam contribuir com a empresa. Esse especialista deve contar com habilidades específicas e precisa ter domínio sobre processos de RH como:

  • Estratégias de recrutamento e seleção;
  • Técnicas de avaliação de candidatos;
  • Estratégias de employer branding;
  • Gestão de pessoas;
  • Condução de onboarding

Em algumas empresas, o time de especialistas responsável pelas atividades é parte do setor de Recursos Humanos. Em outras, essa é uma área dependente que atua em parceria com o RH. Independentemente do modelo, é fundamental que os profissionais de TA tenham um conhecimento extenso sobre a cultura organizacional e os objetivos do negócio a longo prazo. 

Quais os principais passos da aquisição de talentos?

Você já viu o que é o talent acquisition e qual o seu objetivo, mas como colocar, de fato, essa estratégia em prática? A seguir, listamos algumas dicas e técnicas que vão ajudar na atração dos talentos. Confira. 

Tenha estratégia

Planejar a estratégia com inteligência é crucial para garantir sucesso ao processo. Assim, é importante considerar as necessidades específicas de cada organização e seus objetivos a longo prazo. 

Pense em uma estratégia baseada em estudos de caso, previsões e People Analytics para entender quais as necessidades e características da companhia. 

Aposte no employer branding

O employer branding é um conjunto de práticas que visam melhorar a reputação da marca como empregadora no mercado. Essas práticas fazem com que a empresa seja vista como uma organização desejada, o que contribui para a atração dos melhores talentos. 

Assim, investir em estratégias de employer branding é parte importante do talent acquisition. Para isso, é importante pensar em ações que melhorem o ambiente de trabalho, valorizem os profissionais e façam com que os próprios colaboradores se tornem divulgadores da marca. 

Conheça seu candidato ideal

Se a ideia é atrair e contratar os melhores profissionais do mercado, é preciso que o RH entenda quem são essas pessoas, qual o seu perfil e como chamar a atenção delas. 

Traçar o perfil do candidato ideal vai ajudar o profissional de TA a encontrar os melhores canais para a divulgação das vagas e a oferecer benefícios que sejam realmente atrativos para esse público.

Crie descrições de cargo detalhadas

Além de divulgar suas vagas nos canais apropriados, a descrição da vaga também é uma ferramenta importantíssima para atrair os melhores talentos e otimizar o processo seletivo. 

Dessa forma, é importante estabelecer habilidades técnicas e comportamentais, requisitos obrigatórios e desejáveis e informações adicionais, como benefícios oferecidos. Além disso, é válido abordar um pouco sobre os valores da empresa, para atingir candidatos alinhados com a cultura organizacional. 


Agilize o processo

Em um mercado cada dia mais competitivo e interessado em talentos qualificados, processos seletivos muito longos sempre oferecem o risco de que você perca aquele candidato ideal. Assim, é essencial buscar formas de agilizar o processo, sem perder a qualidade. 

A boa notícia é que a aquisição de talentos é um modo de fazer isso. Com um trabalho mais detalhado e direcionado, o RH otimiza tempo para encontrar e atrair os candidatos certos, o que torna os processos de recrutamento e seleção mais eficazes e produtivos. 

>> Leitura recomendada: Como reduzir o custo do processo de recrutamento e seleção?

Não esqueça da humanização

Por fim, a humanização e o foco nas pessoas é outro fator essencial no TA. É importante ter em mente que os currículos e contatos recebidos vem de pessoas reais, com bagagens pessoais e histórias únicas. 

Assim, busque humanizar o processo em todas as suas etapas, oferecendo feedbacks cordiais e gentis, mesmo para aqueles profissionais que não foram selecionados. 

Quais as tendências para o talent acquisition?

tendencias-para-o-talent-acquisition

O mercado de trabalho está sempre mudando e se transformando, logo, ficar por dentro das tendências e inovações é uma forma de garantir contratações mais eficientes e potencializar o capital humano de uma empresa. 

A seguir, listamos três das principais tendências de contratação que devem ser levadas em conta no seu talent acquisition. 

Soft skills

Se antes as contratações eram feitas apenas pelo currículo, hoje, os profissionais de gestão de pessoas já entendem o poder das competências comportamentais

De acordo com o Global Talent Trends Report, realizado pelo LinkedIn em 2019, 92% dos entrevistados consideram as soft skills essenciais para o processo de contratação. 89% deles, inclusive, afirmam que más contratações, normalmente, estão relacionadas à habilidades sociais ruins. 

>> Leitura recomendada: Soft skills e Hard skills: veja de quais habilidades sua empresa precisa

Transparência salarial

Outra tendência que vem para transformar o mercado é a transparência salarial. De acordo com o mesmo report, 57% dos profissionais de talentos entrevistados acreditam que compartilhar faixas salariais é uma forma de agilizar negociações e tornar o processo mais rápido e eficiente.

Trabalho flexível

Principalmente nos últimos anos, a forma de trabalho também mudou e a jornada tradicional, cumprida em horário comercial dentro da empresa, vem perdendo espaço para modelos mais flexíveis. 

O report citado acima mostra que 72% dos profissionais de talentos concordam que a flexibilização é de extrema importância para moldar o futuro do recrutamento. Desde 2016, houve um aumento de 78% dos postos de trabalho mencionando a flexibilidade entre os benefícios. 

Concluindo, o talent acquisition é uma abordagem que valoriza muito mais do que o recrutamento pontual de colaboradores. Ele tem como objetivo encontrar e integrar profissionais que possam se desenvolver dentro do negócio e contribuir a longo prazo com o crescimento da empresa.  

Dessa forma, a empresa investe em um pool de profissionais qualificados, aumentando significativamente as chances de sucesso nos processos seletivos. Além disso, a abordagem também permite construir relacionamentos duradouros com os candidatos, o que torna a marca mais atrativa para os melhores profissionais do mercado.


Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Co-Founder da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.