Enter your keyword

Entenda a importância da cultura organizacional na empresa

Entenda a importância da cultura organizacional na empresa

Entenda a importância da cultura organizacional na empresa

A importância da cultura organizacional é muito discutida pelos especialistas e profissionais de RH.

Empresas modernas investem bastante nesse aspecto porque sabem a diferença que uma cultura robusta e bem trabalhada faz para o crescimento do negócio e para o desenvolvimento da identidade da marca.

A falta de conexão dos funcionários com a cultura corporativa traz uma série de problemas internos. Em contrapartida, a construção de uma política organizacional clara oferece vantagens que impactam os lucros e a reputação da empresa. Para conhecer os benefícios da cultura organizacional, continue lendo este post.

Definição de cultura organizacional

Vamos começar trazendo uma definição clara e rápida do termo cultura organizacional, que pode ser traduzido como o conjunto da missão, valores e propósitos da empresa.

Tenha em mente que esses preceitos não servem apenas como um quadro para ilustrar a entrada principal da companhia.

Para a prática verdadeira da cultura organizacional, essas ideias devem ser difundidas internamente e vividas pela liderança e pelos colaboradores.

A cultura organizacional deve guiar o modus operandi do empreendimento, levando a uma coesão refletida no atendimento ao cliente e na visão que o mercado e a concorrência têm da empresa.

O desenvolvimento da cultura independe da idade, porte ou ramo de atuação da companhia. Não se traduz em espaços de descompressão ou benefícios, mas em toda a filosofia de trabalho e relacionamento internos.

Fatores e Benefícios que mostram a importância da cultura organizacional

Quando desenvolvida corretamente, a cultura organizacional acaba sendo o fundamento do crescimento da companhia e proporciona uma série de resultados positivos. Vamos falar mais detalhadamente sobre cada aspecto afetado:

1. Comunicação interna

A comunicação interna é um dos pontos beneficiados por uma cultura organizacional positiva. Ser transparente com as equipes em relação aos processos, na tomada de decisões, mudanças estratégicas e relacionamento com clientes ajuda a formar uma equipe mais coesa e envolvida com o trabalho.

Essa postura também diminui a incidência de boatos prejudiciais e ajuda na construção de um relacionamento entre a empresa e as pessoas que a compõem.

2. Clima organizacional

Uma empresa que preza pelo respeito entre colaboradores — principalmente quando se trata de pessoas de diferentes hierarquias — consegue um ambiente de trabalho muito mais positivo.

valorização profissional e a confiança nos colaboradores fazem parte de um espaço positivo e são valores que podem (e devem) ser trabalhados pela cultura da companhia.

O clima organizacional é totalmente afetado e, como parte do bom desenvolvimento, os funcionários se tornam mais felizes e produtivos.

3. Engajamento da equipe

A boa cultura organizacional estimula a transparência na comunicação e o reconhecimento de uma boa performance e postura. Isso favorece o engajamento dos funcionários, que além de desenvolverem a sensação de pertencimento e saberem da sua importância para o crescimento da empresa, conseguem trabalhar melhor como parte de um time.

4. Índices de produtividade

Um dos aspectos mais importantes de uma boa cultura corporativa é desenvolver uma identificação entre o funcionário e a empresa.

Quando bem trabalhada, ela também dá autonomia aos colaboradores. Isso não significa que as tarefas não serão acompanhadas ou que não haverá instruções, mas que os profissionais vão assumir o trabalho como sua responsabilidade, abandonando o pensamento de estarem trabalhando para outra pessoa.

Essa postura faz uma enorme diferença na produtividade, tanto em números como em qualidade. Como resultado, a empresa tem um crescimento significativo.

5. Employer branding

O desenvolvimento de um bom employer branding — também conhecido como marca empregadora — é importante não só para o desenvolvimento dos negócios, como também para a construção da reputação da empresa.

A cultura organizacional acaba sendo difundida pelos próprios funcionários e a companhia passa a ser conhecida, se destacando pelas boas condições de trabalho.

Desse modo, um bom employer branding ajuda a atrair os melhores profissionais do mercado, agregando mais valor aos produtos ou serviços.

6. Retenção de funcionários

Passamos a maior parte do dia dentro do trabalho, portanto, um local que tenha um ambiente agradável, um bom relacionamento entre colegas, valorização dos esforços e possibilidade de crescimento faz toda a diferença na retenção dos funcionários.

A cultura organizacional oferece todo o suporte para que os profissionais se sintam parte do todo e criem um vínculo emocional com o trabalho. Como consequência, eles dificilmente vão sentir vontade de procurar outro emprego.

7. Aumento de clientes

Como já abordamos nos tópicos acima, a cultura organizacional aumenta a satisfação dos funcionários e, consequentemente, melhora a qualidade do trabalho que eles desenvolvem. O atendimento ao consumidor também é afetado, já que há mais cordialidade no tratamento.

Além do aspecto comportamental, quando há transparência na comunicação, os colaboradores entendem melhor os processos internos e conseguem passar informações mais precisas. Com um bom tratamento e produtos de qualidade, é natural que a carteira de clientes comece a crescer.

8. Seleção de talentos

A cultura organizacional é responsável por definir um código de conduta interno. Empresas de tecnologia e startups prezam pelo dinamismo, versatilidade e fome de conhecimento.

Já as organizações mais tradicionais procuram por abordagens mais ligadas à hierarquia, obediência a processos e formalidade.

Essas características ajudam na hora de fazer o processo seletivo. Ao saber exatamente como trabalha e o que busca nas equipes, a empresa consegue selecionar candidatos que tenham um perfil comportamental alinhado ao que é valorizado internamente.

Essa definição diminui a probabilidade de contratações erradas, provocadas muitas vezes não pela falta de competências técnicas, mas pela inadequação do profissional com o estilo de empresa e no relacionamento com colegas.

Como desenvolver a cultura organizacional

Agora que você já conhece todos os benefícios que a cultura organizacional proporciona, procure priorizar essa base na sua empresa.

É natural que a companhia passe por algumas fases até definir essa identidade e conseguir trabalhá-la integralmente. Porém, é importante e vital que isso aconteça e que as ações nesse sentido sejam tomadas.

O que vai diferenciar seu empreendimento da concorrência é justamente essa postura, definindo o que é, como trabalha e valoriza seus colaboradores.

Por isso, uma vez conhecida a importância da cultura organizacional da empresa, é hora de trabalhar esses conceitos e caminhar rumo ao crescimento.

Gostou deste conteúdo? Aproveite para conferir o nosso artigo sobre endomarketing e entenda como ele pode fazer a diferença no engajamento e produtividade.

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.