Enter your keyword

Como promover a atração e retenção de talentos na empresa

Como promover a atração e retenção de talentos na empresa

Como promover a atração e retenção de talentos na empresa

Toda empresa sonha em poder contar com o time dos sonhos para ter os melhores resultados possíveis em sua produção. Selecionar e manter bons profissionais é um dos maiores desafios para gestores e departamentos de recursos humanos. Mas, com técnicas de atração e retenção de talentos fica mais fácil atingir esse objetivo.

Nesse texto você vai saber mais sobre como atrair e reter os melhores profissionais para construir uma equipe que está à altura dos objetivos de sua organização.

O que é atração e retenção de talentos?

Quando falamos em atração e retenção de talentos, estamos nos referindo ao apelo que uma empresa representa para os profissionais no mercado de trabalho. Não se trata de uma metodologia, mas, de qualidades que podem ser desenvolvidas com algumas práticas.

A atração está ligada principalmente ao quanto aquela organização é visada por trabalhadores buscando recolocação. Em outras palavras, o quão atrativas suas vagas são quando comparadas a outras oportunidades de trabalho. É importante ter essa visão panorâmica sobre o mercado para entender qual é a situação de suas concorrentes. 

Já a capacidade de retenção fala sobre como a empresa lida com os profissionais depois do processo seletivo. Ela traduz os diferenciais da empresa, as vantagens e benefícios oferecidos pela vaga. Em geral, a retenção pode ser medida pelo tempo médio dos contratos de trabalho e as taxas de rotatividade de pessoal (turnover). 

Cuidar da atração e retenção de talentos é essencial para qualquer empresa. Deve-se ter claro que, enquanto os profissionais competem pelas vagas, as empresas também competem para contratar os melhores profissionais.

Importância do conceito para a construção de equipes

Em um contexto de crise, atrair candidatos para uma vaga de trabalho não é das tarefas mais difíceis. Com quase 15% da população desempregada (dados de julho de 2021), é bem provável que seu processo seletivo tenha muitos inscritos. Para as empresas, porém, não basta contratar qualquer um. É preciso ter bons critérios de seleção para garantir os melhores profissionais para a vaga.

Nesse contexto, as técnicas de atração e retenção de talentos nunca se fizeram tão importantes. O departamento de recursos humanos deve ficar atento para garantir condições competitivas em suas vagas. É importante oferecer remuneração e benefícios compatíveis com as melhores empresas do mercado se você quiser que sua organização seja enxergada dessa forma.

Para as empresas, manter bons funcionários é tão importante quanto garantir boas contratações. Isso porque os processos seletivos têm um custo e precisam de tempo dispendido para ter bons resultados. Além dos encargos trabalhistas da contratação e da demissão, será preciso deslocar recursos para treinamento do novo funcionário, uniforme, equipamentos, etc. 

Por todos esses motivos, ter boa atração e retenção de talentos é essencial para garantir bons resultados no longo prazo.

Como garantir atração e retenção de talentos

A essa altura, você deve estar se perguntando o que pode fazer para atrair e reter profissionais talentosos para a sua organização. A seguir, reunimos algumas das principais práticas que podem te ajudar nesse desafio.

1. Planeje antes de contratar

Antes de abrir o processo seletivo e iniciar a divulgação, é importante ter bastante claro quais são os requisitos da sua vaga. Planeje com antecedência e analise para entender quais habilidades são necessárias para atender às demandas da produção. Ainda, é importante ter em mente qual perfil de funcionário você busca para a empresa e assim, selecionar de acordo.

O planejamento é o alicerce aqui. Somente ele pode garantir que você está acertando em cheio em sua contratação.

2. Plano de carreira e salários

Depois de finalizado o processo seletivo e concluída a contratação, o novo funcionário vai se deparar com o cotidiano da empresa. Nesse momento, o foco passa a ser na retenção para garantir que haverá boas condições de trabalho.

Nesse sentido, é importante estar com os planos de carreira e salários, oferecidos pela organização, atualizados. Lembre-se que você acaba de contratar um profissional de alto nível. Portanto, é importante que a empresa ofereça para ele um tratamento à altura.


3. Autonomia na gestão

Um fator que auxilia, tanto na atração quanto na retenção de talentos, é a possibilidade de autonomia na gestão. Esse modelo foca no autogerenciamento das questões do dia a dia, dando espaço e autoridade para que o colaborador possa tomar decisões importantes para o seu trabalho.

Além de desonerar a chefia, uma gestão que investe na autonomia dos trabalhadores também eleva a moral de sua equipe. Isso porque quando oferece maior liberdade para os funcionários, a empresa indica maior confiança no trabalho e nas decisões daquele indivíduo.

4. Programas de valorização

Hoje em dia, disponibilizar bons benefícios e remuneração nem sempre é suficiente para reter profissionais talentosos. Os programas de valorização tratam de oferecer reconhecimento – financeiro ou simbólico – para o empenho dos funcionários.

Aqui, não se trata de remunerar conforme os resultados analíticos. O ideal é encarar a gestão de maneira mais holística e compreender o esforço e dedicação de cada profissional, de acordo com suas limitações e potencialidades.

5. Clima organizacional

Garantir a retenção de profissionais talentosos nunca é tão simples quanto criar boas condições de trabalho de maneira isolada para um indivíduo. Em muitos casos, a alta rotatividade de pessoal se dá por conta de um clima ruim no ambiente de trabalho. 

Os motivos podem ser dos mais variados, desde conflitos interpessoais até processos mal estruturados que causam sobrecarga. Para dar cabo do problema, o melhor caminho é aplicar uma pesquisa de clima organizacional e, assim, investigar as causas do mal-estar.


6. Qualidade de vida e bem-estar

Para além das condições básicas de trabalho, empresas que querem garantir a retenção de talentos precisam pensar também na qualidade de vida de seus funcionários. 

Nesse ponto, podemos incluir benefícios não obrigatórios como planos de saúde e odontológicos, vale alimentação, vale cultura, descontos em academias, entre outras possibilidades. Em suma, investir em benefícios que vão além do óbvio e foquem no bem-estar do trabalhador.

Dentro da organização, é interessante construir um ambiente confortável com salas de descanso e descompressão para serem usadas durante o expediente.

7. Comunicação interna

De nada adianta oferecer boas condições de trabalho e benefícios se o colaborador não fica sabendo dos seus direitos. 

Uma boa comunicação interna reduz os conflitos e melhora o clima organizacional de maneira geral. Além disso, é o que garante transparência e assertividade na elaboração das demandas. De um lado, a chefia consegue passar sua visão e expectativas de entrega. Do outro, os funcionários têm maior liberdade para relatar suas necessidades cotidianas.

8. Desenvolvimento pessoal e profissional

Por último, investir no desenvolvimento dos colaboradores pode ser uma ótima forma para a empresa demonstrar que valoriza seus funcionários. 

Ofereça oportunidades de treinamento internos ou cursos relevantes para a área. É importante ir além do básico, que seriam assuntos do trabalho, dando espaço para que o funcionário possa trabalhar o desenvolvimento pessoal também. Assim, você demonstra que se importa com o crescimento daquela pessoa dentro e fora da empresa.

Vantagens de promover a atração e retenção de talentos

Organizações que investem na atração e retenção de talentos observam diversas vantagens em seu cotidiano. A primeira – e talvez mais óbvia – que podemos citar é a redução de custos. Contratar e demitir tem um preço considerável para as empresas. Além dos encargos trabalhistas, é preciso dispender tempo e dinheiro com treinamentos, uniformes, entre outras despesas.

Mas, caso você seja capaz de atrair e reter profissionais talentosos, não precisará se preocupar com isso. O que você vai observar nesse caso é uma melhora substancial nos níveis de produtividade. Com contratos duradouros, a empresa não precisa mais interromper suas atividades para treinar novos contratados. Assim, o foco pode ser total na busca por resultados.

Uma empresa com baixa rotatividade é sinal de um ambiente de trabalho agradável. O bom clima organizacional garante que sua organização se torne cada vez mais atrativa no mercado de trabalho. Quem está contratado não deseja sair (retenção) e quem está do lado de fora quer ser contratado (atração).

Com mais produtividade e melhores condições de trabalho, a organização passa assumir uma posição mais competitiva no mercado. Isso se reflete na procura pelos processos seletivos, mas também nas vendas para o consumidor final. Com profissionais talentosos, você faz boas entregas e, consequentemente, melhora a satisfação do cliente.


Casos de sucesso

Não é de hoje que os níveis de atração e retenção de talentos fazem diferença na imagem de uma organização. Institutos como Great Place To Work divulgam periodicamente o ranking com as melhores empresas para se trabalhar em diversos segmentos.

No mundo todo, empresas de tecnologia como Google e Facebook são conhecidas pela flexibilidade e construção de ambientes informais para incentivar a criatividade. Em sua filial em São Paulo, a sueca Ericsson construiu um clube de lazer para os funcionários e suas famílias aproveitarem momentos de descontração.

Mais para o Sul, a fabricante de compressores Embraco mantém um berçário para filhos de colaboradores dentro de sua fábrica em Joinville (SC). A iniciativa existe na organização desde 1991. Mas, a empresa não é a única a oferecer tal benefício. Em sua sede no país, a Unilever também conta com berçário e a possibilidade de trabalho home office às sextas-feiras. A companhia dispõe ainda de programas de mentoria para o desenvolvimento de seus colaboradores.

Monte o time dos sonhos

Todo gestor sonha em montar um time dos sonhos: aquele que vai atingir todas as metas, ter bom relacionamento e permanecer na empresa por muitos anos. Mas, para atingir esse objetivo é importante oferecer condições de trabalho compatíveis.

Trabalhar a atração e retenção de talentos é um desafio que todo departamento de recursos humanos deve priorizar. Assim você garante menos gastos, maior competividade e melhores resultados no longo prazo.

Gostou desse conteúdo? Deixe o seu comentário abaixo!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.