Enter your keyword

RH interno ou consultoria de RH: qual é a melhor opção?

RH interno ou consultoria de RH: qual é a melhor opção?

RH interno ou consultoria de RH: qual é a melhor opção?

O RH é um setor cada vez mais estratégico para as empresas. Além de ajudar na gestão de pessoas, influencia a tomada de decisão gerencial com análises, perspectivas e indicadores. Não há dúvidas que é preciso dispor de profissionais do ramo, a grande questão é: RH interno ou consultoria de RH, qual é o melhor?

Essas possibilidades atuam de jeitos diferentes e, portanto, oferecem resultados distintos. Ao entender suas características, é possível conquistar o desempenho desejado. A seguir, veja se o melhor é o RH interno ou consultoria de RH e descubra como estruturar em seu negócio.

Como funciona e quais são as vantagens do RH interno?

O RH interno, como o próprio nome diz, é composto por uma equipe que está dentro da empresa. Ou seja, profissionais são contratados pelo negócio e há a elaboração de um setor de caráter exclusivo. Todos respondem diretamente aos gestores do empreendimento e oferecem total dedicação de suas habilidades e conhecimentos.

Uma das vantagens de montar um time desse tipo é que existe um conhecimento aprofundado de certos problemas. Como as pessoas vivem o cotidiano do estabelecimento, identificam mais rapidamente padrões de comportamento e necessidades pontuais.

Também é um jeito de conquistar maior controle sobre a atuação. O negócio consegue obter máxima disponibilidade dos profissionais e pode orientá-los sob perspectivas muito específicas.

Quais são as desvantagens do time interno?

Ao mesmo tempo, montar um RH do tipo traz algumas desvantagens que precisam ser consideradas. Ao conhecê-las, é possível se planejar melhor quanto a essas questões, inclusive para tentar diminuir os seus impactos. Na sequência, veja quais são os aspectos que não são tão interessantes.

Geração de conflitos entre colaboradores

Quando essa opção é escolhida, os profissionais do RH fazem parte do mesmo quadro das pessoas que serão avaliadas ou responsáveis por certos processos. Se o RH interno realiza pesquisas organizacionais com o setor de logística, por exemplo, há riscos de vazamento dos resultados. O problema é que isso revela opiniões que deveriam ser anônimas e aumenta as chances de conflitos.

O cenário também aparece quando o RH precisa implementar medidas ou mesmo direcionar alguma sanção a um colaborador que descumpriu o regimento interno. As possibilidades de ocorrerem disputas são grandes, inclusive, com as lideranças e com a diretoria, já que as propostas internas podem não ser aceitas como deveriam.

Possíveis impactos negativos na motivação

O RH interno funciona como a ligação estratégica entre pessoas de uma organização e a sua gestão. Quando todos os processos acontecem conforme o esperado, os times ficam mais motivados e produtivos.

O problema surge quando o RH não é capaz de atender a certas expectativas. Basta imaginar um cenário em que os colaboradores têm reclamado da falta de oportunidades de crescimento e de equiparação de funções. Caso o setor não consiga a aprovação da diretoria para um novo plano de cargos e salários, as pessoas terão uma visão negativa do time interno.

Como todos são colaboradores da mesma organização, isso pode prejudicar os relacionamentos, piorar o clima organizacional e afetar a motivação negativamente.

Custos mais elevados

Como esses profissionais são contratados da empresa, existe um vínculo trabalhista. Por consequência, há a necessidade de quitar todos os direitos e de oferecer benefícios que vão além do salário. Na prática, é algo que encarece o processo, em relação à alternativa.

Além de tudo, para ter pessoas mais qualificadas, normalmente, é preciso pagar salários maiores. Isso demanda um investimento ampliado quando a intenção é formar uma equipe interna altamente experiente e especializada.


E a consultoria de RH?

Já a consultoria de RH oferece uma solução de caráter externo. A empresa que deseja obter o serviço contrata um empreendimento especializado no tema. Então, uma equipe de pessoas altamente capacitadas é direcionada para atuar nos processos correspondentes.

Um dos pontos positivos é, justamente, a presença de gente com qualificação reforçada. O time é mais experiente e, ao final, o custo-benefício é maior que contratar alguém com o mesmo nível profissional. Como consequência, a atuação também se torna mais precisa e relevante.

Outro ponto de destaque é que o fato de os consultores terem uma visão externa, ajuda a encontrar soluções. Por um lado, é ótimo que o RH interno conheça o empreendimento em detalhes. Por outro, isso atrapalha a perspectiva. Com a consultoria, é possível ter uma visualização ampla do cenário, de modo a identificar gargalos e erros que passam despercebidos.

Além disso, a parceira é especializada em oferecer soluções e ajudar em sua implementação. Ela é responsável por elaborar um plano de execução e orientar o empreendimento a obter os resultados pretendidos. Não se trata apenas de resolver problemas, mas, também, de evitá-los.

A experiência do parceiro contratado conta muitos pontos a favor porque traz soluções inovadoras. A partir da atuação em outras empresas de ramos ou tamanhos semelhantes, os consultores trazem insights valiosos — e que, em várias situações, já estão validados.

Por fim, há o benefício em relação à autonomia. Os profissionais são terceirizados e, portanto, não apresentam vínculo com a empresa. Isso faz com que eles tenham mais liberdade para apontar problemas e conduzir etapas.

E os pontos negativos?

Do mesmo jeito como a abordagem interna, optar por uma consultoria de RH tem desvantagens que demandam atenção. Como alguns podem ser evitados ou eliminados, conhecê-los permite ter um panorama da situação. Na sequência, veja quais são as questões principais.

Possível desconforto na equipe interna

Como os consultores não fazem parte do negócio, pode surgir uma ideia de desconfiança e desconforto dentro do empreendimento. A princípio, os colaboradores talvez não se sintam à vontade para responder a pesquisas ou solucionar certos problemas. Mesmo os funcionários de RH podem ter a errônea impressão de que estão prestes a serem substituídos.

A chave para combater essa dificuldade está no diálogo e no alinhamento de expectativas. Desse jeito, fica fácil pontuar que o papel da consultoria de RH é ajudar e possibilitar a conquista de resultados melhores.

Surgimento da sensação de dependência

Há também a desvantagem ligada à sensação de dependência. Isso acontece quando o negócio precisa da atuação dos consultores até para tomar as menores decisões quanto à gestão de pessoas. Em vez de utilizar essa contratação de forma estratégica, ela passa para o microgerenciamento.

O planejamento é indispensável nessa hora, pois ajudará a delimitar responsabilidades. Com um bom plano de integração, dá para garantir que a consultoria de RH seja uma opção complementar e estratégica, sem prejudicar o trabalho interno.

Qual é a melhor alternativa?

Quando se fala sobre selecionar RH interno ou consultoria de RH, um erro cometido é o de achar que a seleção de uma exclui a outra, automaticamente. Como as atuações têm focos diferentes, faz mais sentido uni-las rumo aos resultados desejados.

O RH interno fica responsável por acompanhar o cotidiano e atuar de forma preventiva e estratégica. Já a consultoria de RH é muito bem-vinda para trazer novas soluções, identificar gargalos e possibilidades de otimização em relação ao próprio time interno.

Essa atuação conjugada e consistente faz com que as pessoas sejam gerenciadas de uma forma mais eficiente. Além de tudo, é um jeito de potencializar a conquista de resultados, o que gera diferenciação.

Quais soluções a consultoria deve apresentar?

Para explorar todos os benefícios da consultoria de RH, é essencial que o empreendimento apresente algumas soluções específicas. Elas colaboram para que o negócio atinja novos resultados e favorece a consolidação da ideia de que a decisão foi estratégica.

A seguir, veja quais pontos devem ser apresentados e faça uma escolha melhor.

Realização de pesquisas e avaliações

Quando existe a dúvida entre RH interno ou consultoria de RH, a versão de dentro da organização nem sempre tem a liberdade necessária para realizar avaliações, pesquisas e outros métodos de mensuração. Então, é essencial que a consultoria traga essa possibilidade.

O time deve ser capaz de conduzir pesquisas customizadas de clima organizacional, assim como avaliações de desempenho. Quanto mais aprofundado for o estudo e a correlação de dados, melhor é o resultado.

Elaboração de planos de cargos e salários

O RH interno pode encontrar muita resistência ao sugerir um plano de cargos e salários otimizado. Então, a consultoria tem que oferecer essa possibilidade de forma estruturada. O ideal é que haja alinhamento com a cultura, com a estratégia e com os objetivos da empresa, de modo a gerar um resultado relevante.

Também entra nesse quesito o desenvolvimento de políticas salariais e de participação nos lucros. Uma abordagem bem estruturada ajuda a distribuir melhor os recursos e a otimizar a tomada de decisão.

Recrutamento e seleção

Contratar novos colaboradores e desenvolver processos eficientes e atrativos é uma tarefa que fica mais fácil com a ajuda de especialistas. Ao desenhar novas formas de captar talentos, o negócio se beneficia com os bons resultados.

Além disso, a consultoria também pode atuar na elaboração de avaliações psicológicas. Isso melhora a seleção e aumenta as chances de a pessoa certa ocupar a vaga adequada para as suas habilidades.

Realização de treinamentos

O RH também é responsável por treinar os colaboradores, identificar necessidades e desenvolver pessoas. A consultoria deve oferecer esse serviço para consolidar a cultura e/ou de atingir resultados específicos.

Para que a atuação seja realmente eficiente, os treinamentos devem ser personalizáveis, pois isso os faz atender a objetivos pontuais.

Entre o RH interno ou consultoria de RH, ambos apresentam as suas vantagens. A contratação de consultores se destaca e pode ser feita em parceria com o time interno. Assim, os resultados são muito maiores a partir dos serviços prestados.

Com a abordagem da SOCIIS RH, o seu negócio tem a chance de tomar decisões muito mais estratégicas e que possibilitem o crescimento e o alcance de objetivos. Está em busca de consultores de RH? Veja mais sobre como a nossa empresa atua e descubra os resultados em potencial!

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Diretora de Recursos Humanos da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.