Enter your keyword

Entenda a importância da gestão estratégica de pessoas nas empresas

Entenda a importância da gestão estratégica de pessoas nas empresas

Entenda a importância da gestão estratégica de pessoas nas empresas

O gerenciamento de recursos e ativos de uma empresa é determinante para o seu sucesso. É preciso tomar boas decisões e garantir um direcionamento em relação aos objetivos para que eles sejam alcançados. Nesse cenário, surge também a gestão estratégica de pessoas.

Diante de novas necessidades por parte do capital humano, o processo ganhou contornos inéditos. Com o apoio de teorias modernas de administração, a abordagem busca gerenciar todo o ciclo de vida do funcionário, com o uso de políticas e ações específicas. É um jeito de unir e alinhar os objetivos da organização aos de cada profissional.

Para que isso se concretize, é essencial usar algumas ferramentas e reconhecer os impactos. A seguir, veja a relevância da gestão estratégica de pessoas e saiba como ela é aplicada.

Qual é o papel dessa abordagem?

O aproveitamento dos talentos é um dos principais objetivos do gerenciamento. A intenção é integrar, desenvolver e reter os talentos, de modo a levar a empresa a um novo patamar de resultados.

Para que isso seja possível é preciso, primeiramente, definir a cultura organizacional: estabelecer os valores, a missão e a visão passa a ser indispensável para alinhar as necessidades entre colaboradores e empresas.

Também é essencial pensar em aspectos como o treinamento e o desenvolvimento para disponibilizar novas competências. A partir da atuação no negócio, a avaliação de desempenho e a cultura de feedback são igualmente necessárias.

Portanto, o objetivo com a abordagem é fazer com que as pessoas de uma organização sejam ativos ainda mais valiosos, sem desconsiderar as suas necessidades.

Quais ferramentas podem ser usadas?

Para colocar a gestão estratégica de pessoas em prática, é essencial utilizar alguns recursos específicos. As metodologias já foram testadas e validadas e, desse modo, ajudam a conquistar um desempenho melhor.

Na sequência, veja quais são algumas ferramentas que podem ser aplicadas e entenda o seu uso.

Balanced Scorecard

O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia muito utilizada para cuidar do negócio. Ela é composta por quatro perspectivas: financeira, cliente, processos internos do estabelecimento e aprendizado e crescimento.

No caso da gestão estratégica de pessoas, existe uma adaptação conhecida como RH Scorecard. Ele inclui definir objetivos, criar um plano para o RH e usar indicadores. O People Plan, como é chamado, tem como perspectivas a estratégia, os processos, as pessoas e a parte operacional.

O alinhamento é a chave principal dessa ferramenta, justamente para consolidar resultados que tenham valor para o empreendimento e para os profissionais.

VRIO Framework

O VRIO Framework se baseia em quatro aspectos principais: Valor (Value), Raridade (Rarity), Imitabilidade (Imitability) e Organização (Organization). O principal objetivo desse framework é analisar certas práticas de gestão e entender como elas se aplicam no cuidado com os recursos humanos.

Para que uma determinada estratégia ofereça uma vantagem competitiva sustentável, ela deve apresentar as seguintes características:

  • acrescentar valor quantitativo ou qualitativo à gestão;
  • ser rara ou incomum;
  • ser difícil de ser imitada;
  • ter um valor aproveitável na estrutura da organização.

Políticas de treinamento especiais, ofertas de benefícios diferenciados e até práticas de feedback podem ser avaliadas dessa maneira. Também é possível fazer essa análise para algumas competências, de modo a identificar o que deve ser desenvolvido de forma estratégica.


Análise SWOT

A matriz ou análise SWOT considera as forças (strengths), fraquezas (weaknesses), oportunidades (opportunities) e ameaças (threats) em determinado contexto. Com esse estudo, é possível reconhecer qual é a situação de gerenciamento de talentos e o que deve ser considerado.

Há como verificar em quais pontos o empreendimento tem falhado nessa gestão e quais são as suas maiores forças no cuidado com o capital humano. Essa análise é, principalmente, uma ferramenta diagnóstica para entender o status do processo. Desse jeito, é possível identificar as questões principais e o que deve receber prioridade para que resultados melhores sejam conquistados.

Quais são os impactos da gestão estratégica de pessoas?

Desde que tudo seja feito corretamente, a abordagem é capaz de gerar muitos resultados positivos. Conhecê-los é essencial para saber o que esperar desse gerenciamento, bem como para motivar a sua adoção. Por isso, veja quais são os principais impactos da gestão estratégica de pessoas na organização.

Ampliação da motivação de funcionários

Um dos pilares dessa abordagem é, exatamente, a motivação dos colaboradores. É preciso que os indivíduos sintam que têm seus anseios atendidos pelo ambiente de trabalho e que conseguem atingir objetivos profissionais. Com um gerenciamento estratégico, é exatamente essa a mensagem construída.

Isso leva as pessoas a ficarem mais satisfeitas com o ambiente de trabalho e com a possibilidade de desenvolvimento. Os treinamentos e capacitações recheiam os currículos e, com isso, geram maior engajamento dos colaboradores. Na prática, faz com que as equipes sejam mais coesas e completas.

Aumento na retenção de talentos

A elevação na motivação é acompanhada por um ganho em relação à satisfação dos colaboradores. As pessoas se sentem mais satisfeitas com o ambiente de trabalho, até mesmo por uma questão de valorização e possibilidade de desenvolvimento.

Com uma melhoria no clima organizacional e na relação entre o empreendimento e os funcionários, há uma elevação na retenção de talentos. Inclusive, isso acontece graças a medidas que não são praticadas na concorrência. Uma cartela diferenciada de benefícios ou um bom programa de capacitação concedem motivos extras para que os colaboradores se mantenham por perto.

Otimização de resultados

Com funcionários motivados e com maior ciclo de aproveitamento dos talentos na empresa, o desempenho é favorecido. Afinal, a elevação no engajamento e na motivação aumenta a produtividade e fazem com que o negócio consiga se diferenciar.

Além do mais, o desenvolvimento de competências facilita a execução de diversas atividades e diminui a taxa de retrabalho. Já a retenção de talentos dá origem a grupos coesos — e tudo isso melhora o desempenho.

Para completar, o investimento nesse gerenciamento ajuda a diminuir os custos com processos seletivos, etapas de onboarding e outros aspectos relacionados ao índice de rotatividade. Como esperado, os resultados desejados pela empresa são facilmente alcançados.

A gestão estratégica de pessoas tem grandes impactos na performance do negócio. Capaz de alinhar expectativas do empreendimento às necessidades dos colaboradores, garante times cada vez mais coesos e competitivos.

Para fazer a transformação e colocar isso em prática, entre em contato com a SOCIIS RH e descubra como podemos ajudar!

Gestão Estratégica de RH

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Diretora de Recursos Humanos da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.