Enter your keyword

Descubra como avaliar funcionários de maneira eficaz

Descubra como avaliar funcionários de maneira eficaz

Descubra como avaliar funcionários de maneira eficaz

Você sabe se os seus colaboradores estão realmente engajados com os objetivos da sua empresa?

Avaliar funcionários vai muito além de saber se eles estão entregando ou não bons resultados. Por meio desse instrumento, tanto o RH quanto os gestores conseguem identificar o nível de comprometimento dos profissionais, bem como o potencial de desenvolvimento de cada um.

Manter uma rotina de avaliações é muito importante para ter o controle da produtividade dos colaboradores e para gerar inovação e crescimento para o negócio. Contudo, é essencial que alguns cuidados sejam tomados para que essa iniciativa gere bons frutos e não acabe se tornando apenas mais um processo burocrático sem sentido.

Neste artigo, vamos explicar por que as empresas devem avaliar seus funcionários e qual é o momento certo para fazer isso. Também vamos dar um passo a passo de um processo de avaliação eficaz e elencar os principais benefícios de adotar uma rotina nesse sentido. Confira!

Por que a empresa deve avaliar os funcionários?

A avaliação dos funcionários é uma prática muito importante para qualquer tipo de empresa, de qualquer setor da economia, pois ela permite que se conheça melhor as pessoas, desde as suas deficiências e necessidades de melhorias, até as potencialidades e oportunidades de desenvolvimento.

As informações obtidas durante o processo de avaliação geram uma base de conhecimento muito rica para todos os envolvidos. O RH consegue traçar planos de treinamento e desenvolvimento mais precisos e direcionados. Os gestores conseguem compreender melhor o potencial de seus liderados e, assim, gerenciar melhor as demandas do setor. Os colaboradores conseguem ter uma visão melhor de si mesmos, do quanto conseguem entregar de resultados e o quanto ainda têm a evoluir.

Existe um momento certo para fazer a avaliação dos colaboradores?

A avaliação dos colaboradores deve ser um processo constante, considerando diferentes níveis de aplicação. Cada organização deverá analisar qual é a melhor periodicidade para o uso de ferramentas de análises mais específicas, como a avaliação 360 graus ou o 9 box, por exemplo. 

O ponto principal aqui é que não existe uma fórmula mágica que pode ser aplicada a todos. É fundamental considerar as particularidades de cada negócio na hora de definir quando e de quanto em quanto tempo será cada tipo de avaliação.

Alguns resultados podem ser acompanhados diariamente, como o volume de vendas de um vendedor varejista. Outros demandam mais tempo para a apuração, como o cumprimento das metas do semestre. Portanto, o momento certo para avaliar um funcionário deve ser definido por cada empresa.

 

Como avaliar um funcionário de maneira eficaz?

Assim como existem diferentes momentos para avaliar um funcionário, também existem diferentes maneiras de fazer isso. É importante tomar alguns cuidados para que esse processo seja realizado de forma eficaz, como listamos abaixo.

Defina metas claras e objetivas

Avaliar qualquer coisa ou pessoa significa mensurá-la e compará-la com um padrão esperado. Por exemplo, um corredor sabe que para ter uma boa colocação no pódio ele precisa realizar a prova em menos tempo que seus adversários. O mesmo acontece com a avaliação de desempenho nas empresas.

O primeiro passo é definir quais serão os parâmetros a serem alcançados. Isso é feito por meio da definição de metas claras e objetivas. Elas serão as responsáveis por direcionar todas as ações e por determinar quais são os resultados a serem alcançados.

Considere os diferentes perfis dos colaboradores

A diversidade de perfis dos colaboradores é uma característica bastante enriquecedora, desde que as particularidades de cada um deles sejam respeitadas e aproveitadas da melhor maneira. Dessa forma, é essencial conhecer os perfis predominantes de cada colaborador e como cada time está composto, para extrair o melhor de cada um.

Existem diversas metodologias de análise de perfis comportamentais que, em geral, agrupam as pessoas com base em 04 arquétipos diferentes. A compreensão desses arquétipos ajuda a definir melhores estratégias de gestão, que geram bons resultados, tanto para a empresa como para o desenvolvimento do próprio profissional em sua carreira.


>> Leitura recomendada: [E-book] 03 Pontos Imprescindíveis Aos Processos Seletivos Estratégicos


Crie ciclos de avaliação de desempenho

Como dissemos anteriormente, alguns tipos de avaliação precisam de um intervalo para deixar que as atividades aconteçam e os resultados sejam apurados. Para esses casos, é importante manter um ciclo com uma periodicidade definida, para que todos estejam cientes e se preparem adequadamente.

É bastante comum vermos avaliações maiores coincidindo com períodos de fechamento contábil e financeiro, como final do ano fiscal, semestres e quartis. O ponto é garantir que todos estejam cientes da periodicidade e das metas que precisam ser alcançadas ao longo desse período.

 

Inclua o acompanhamento dos resultados na rotina dos profissionais

Além das grandes avaliações periódicas, muita coisa pode ser acompanhada em períodos mais curtos. Isso ajuda a descobrir problemas e oportunidades de melhorias precocemente e, assim, agir de forma proativa e ainda mais eficiente.

Outro ponto importante disso é que acompanhamentos mais frequentes, como os diários e semanais, criam um hábito que torna a prática de avaliar mais corriqueira e tranquila. 

Fortaleça a cultura do feedback

Uma das atividades mais importantes de qualquer tipo de avaliação é o feedback. Lembra do exemplo do corredor? Então, imagine que ele acompanhe diariamente o tempo realizado em seus treinos e perceba que está baixando um pouco a cada dia. Contudo, ele não sabe qual é o tempo que seus adversários estão fazendo. Por mais que saiba que está evoluindo, ele não sabe se seus resultados são realmente bons o suficiente.

Isso é o que acontece quando uma pessoa não recebe feedbacks. Mesmo que se esforce, ela não sabe se está no caminho certo ou se seus resultados são realmente bons ou não. O fortalecimento da cultura do feedback deve ser realizado não apenas entre líderes e liderados, mas também entre colegas de equipe e até mesmo em interações com agentes externos, como clientes e fornecedores. 

Quais são os benefícios de avaliar bem os funcionários?

Avaliar os funcionários de maneira eficaz pode dar um certo trabalho, mas as recompensas valem todo o esforço. Veja alguns dos benefícios que mais se destacam.

Aumenta a motivação e o engajamento

A avaliação constante dá aos profissionais as informações que eles precisam para serem mais produtivos em suas tarefas. Eles sabem o quão bem estão indo e quais são seus pontos a serem desenvolvidos e podem focar nesses aspectos. Isso gera um aumento considerável na motivação para o dia a dia e no engajamento com as metas da organização.


>> Leitura recomendada: [E-book] 03 Maneiras Para Engajar Sua Equipe


Melhora a qualidade das entregas

A avaliação constante permite uma visualização de tudo o que a pessoa conseguiu conquistar até o momento presente e o quanto ela teve capacidade para evoluir. Com isso, ela ganha mais confiança em si mesma e consegue se dispor a fazer cada vez mais e melhor. 

Profissionais motivados e engajados, consequentemente, entregarão resultados com maior qualidade. Isso porque eles criam o hábito de buscar a melhoria constante de seus números, superando resultados anteriores e se destacando entre os demais. 

Agiliza a solução de problemas

Quantas vezes, em sua empresa, você já se deparou com um problema consideravelmente grande que já estava acontecendo a um certo tempo? Esse cenário é mais comum do que gostaríamos que fosse, mas ele pode ser evitado por meio de um acompanhamento mais próximo e frequente

O hábito de avaliar constantemente os resultados dos colaboradores ajuda a identificar pequenos desvios e tendências de queda em indicadores de forma antecipada. Isso permite que as ações de correção sejam pensadas com mais calma e implementadas de imediato, reduzindo o impacto negativo do problema e impedindo que ele evolua para algo mais grave.

Cria uma rotina constante de aprendizado

Avaliar funcionários de maneira eficaz cria uma rotina de aprendizado constante, tanto para os colaboradores quanto para os gestores e o próprio RH. O hábito de buscar os melhores resultados gera um desenvolvimento mais acelerado na base de conhecimento da empresa, o que gera uma demanda por novos conhecimentos, novas técnicas e novas práticas.

Como consequência, é criado um ciclo evolutivo de aprendizado, no qual os colaboradores atingem um patamar de conhecimento sobre determinado assunto, avaliam seus pontos de melhoria, buscam preencher essas lacunas e atingem um novo patamar, dando início a um novo ciclo.

Potencializa a diferenciação de mercado

Diante de todos os benefícios listados anteriormente, a organização como um todo se desenvolve e passa a se destacar no mercado frente a suas concorrentes. A melhoria constante no cumprimento das metas estabelecidas leva a empresa a novos desafios e aumenta suas chances de superar os principais players do mercado e se tornar uma referência para o setor.

Como vimos, avaliar os funcionários é uma iniciativa que, quando feita de forma eficaz, gera efeitos altamente positivos para todos os envolvidos. O profissional passa a se conhecer melhor e a aproveitar suas potencialidades de maneira mais efetiva. Os gestores conseguem montar times de alta performance, gerando resultados cada vez melhores para o negócio.

Guia construção equipe alta performance
 

O RH, por sua vez, assume um papel mais estratégico na empresa, desenvolvendo pessoas em total alinhamento com o plano geral de metas. Portanto, se você ainda não dá atenção para isso onde atua, aproveite as dicas deste artigo e comece agora mesmo!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.