Enter your keyword

O que é e como montar um plano de bonificação para colaboradores

O que é e como montar um plano de bonificação para colaboradores

O que é e como montar um plano de bonificação para colaboradores

O RH atual enfrenta grandes desafios na atração e retenção de talentos. Os bons profissionais do mercado estão cada vez mais exigentes e isso faz com que as empresas tenham que oferecer mais do que um salário atrativo para conseguir preencher suas vagas, principalmente as mais estratégicas. Nesse momento, ter um plano de bonificação bem estruturado faz toda a diferença.

Neste artigo, vamos explicar o que é o plano de bonificação e porque a sua empresa precisa investir nessa frente. Além disso, vamos mostrar como montar um plano eficaz para seus colaboradores e alguns exemplos que são bastante utilizados no mercado e que têm apresentado bons resultados. Confira!

O que é um plano de bonificação?

O plano de bonificação é uma estratégia na qual a empresa oferece uma recompensa, em geral financeira, aos colaboradores mediante o cumprimento de metas ou atividades específicas. A diferença do bônus para a remuneração mensal está na origem dos ganhos. Enquanto o salário vem do cumprimento das atividades inerentes ao cargo, a bonificação vem de um esforço que está além dessas obrigações.

Desta forma, o plano de bonificação é uma ferramenta que permite que a empresa obtenha resultados melhores e mais vantajosos para o crescimento do negócio, ao mesmo tempo em que motiva seus colaboradores a se esforçarem a ir além do básico. Logo, trata-se de uma estratégia na qual ambos os lados saem ganhando.

Por que ter um plano de bonificação?

O plano de bonificação é uma excelente estratégia de motivação e retenção de talentos. A começar pelo fato de possibilitar ao colaborador um incremento em sua renda, mediante seu próprio esforço. Sendo assim, ele sabe que, quanto mais se empenhar, melhores podem ser as suas recompensas.

Outro benefício importante é que a organização pode aproveitar diferentes planos de bonificação para alcançar objetivos mais ousados, tanto do ponto vista financeiro quanto operacional e processual. Se a intenção é crescer acima do ano anterior, um dos planos de bonificação pode estar atrelado ao volume de vendas, por exemplo.


>> Leitura recomendada: [E-book] Guia definitivo sobre gestão estratégica de RH


Como montar um plano de bonificação eficaz?

O plano de bonificação é uma ótima estratégia para o RH, mas é preciso certificar-se de que ele será criado de forma correta para que os resultados esperados possam ser alcançados. Veja abaixo quais pontos merecem atenção especial nesse sentido.

Conheça o perfil dos seus colaboradores

O ponto de partida de qualquer plano de bonificação eficiente é conhecer o perfil dos colaboradores para entender o que eles mais valorizam e desejam. Entenda que a recompensa financeira, por si só, não é suficiente para que as pessoas se engajem no plano de bonificação.

Em alguns casos, o prêmio sequer envolve dinheiro, mas outras coisas que trazem outros tipos de benefícios para os colaboradores, como viagens, cursos para especialização e até mesmo um título ou troféu. O ponto é que a adesão ao programa criado só fará sentido para o profissional se ele enxergar que o esforço que ele terá que fazer vai gerar um retorno do seu interesse.

Entenda as necessidades da empresa

Se, por um lado, é preciso criar planos que entreguem benefícios que sejam do real interesse dos colaboradores, por outro não dá para esquecer que as necessidades da empresa são a motivação principal. A ideia, portanto, é encontrar um ponto de equilíbrio entre esses dois pontos.

Comece levantando as demandas do negócio, tais como a atração de profissionais confiáveis e qualificados, ou o aumento no faturamento anual, ou ainda o fortalecimento da marca no mercado. Em seguida, pense em estratégias que possibilitem a conquista dessas realizações, considerando tanto as atividades rotineiras quanto as extras.

Por fim, entenda o quanto de esforço extra será necessário e como manter a equivalência disso com o que a empresa propicia de volta aos colaboradores. Parte será apenas da rotina do profissional, parte irá além e, para isso, é preciso oferecer um bônus que faça sentido e seja atrativo.

Destine um orçamento para o plano de bonificação

Qualquer que seja o plano de bonificação que a sua empresa crie, haverá um custo a ser previsto. É fundamental ter atenção a isso para que os bons resultados obtidos não sejam comprometidos pela falta de previsibilidade no pagamento dos bônus. Por isso, certifique-se de que os planos sejam incluídos no orçamento anual da organização.

Estabeleça metas realistas

O objetivo de um plano de bonificação é obter algo além do salário, contudo isso precisa ser metrificado de forma realista, por dois motivos principais. O primeiro é que se a meta for alta demais cria-se uma expectativa que será frustrada, e isso, além de gerar uma grande insatisfação, pode descredibilizar o plano como um todo.

O segundo motivo é que as pessoas precisam olhar a meta e enxergarem a possibilidade de alcançá-las para se engajarem. Ninguém se esforça para atingir algo que parece ser totalmente impossível de realizar.

 

Cuide da eficiência na comunicação

A comunicação exerce um papel fundamental no sucesso da implementação de um plano de bonificação. Desde a divulgação clara e objetiva para todos os colaboradores, até o fortalecimento das práticas de feedback, toda troca de informações pode ajudar o plano a ter mais adeptos e melhores resultados como um todo. Invista parte do tempo e dos esforços nesse quesito.

Cumpra o que prometer

Mais importante que dizer que o colaborador pode ser bonificado por seu esforço é realmente bonificá-lo conforme prometido. Esse é um dos motivos de garantir que os planos de bonificações sejam previstos no orçamento anual da empresa, pois a falta ou a demora em entregar os prêmios podem minar a confiança do profissional não apenas no plano ou no RH, como na empresa como um todo.

Exemplos de planos de bonificação

Agora que você já sabe a importância de ter um plano de bonificação e quais os cuidados precisa ter ao elaborar um, vamos a alguns exemplos bastante comuns em empresas de todo tipo de atuação no mercado.

Bonificação por metas batidas

O bônus por cumprimento de metas é o mais comum em qualquer empresa, principalmente em times de vendas e de performance. As metas podem ir muito além do financeiro e podem ajudar a organização a traçar planos de crescimento mais agressivos e eficientes. Um bom exemplo é ter metas de lançamentos de novos produtos e serviços periodicamente para se manter sempre à frente dos concorrentes.

Premiação por indicação

A premiação por indicação pode ser aplicada sob dois aspectos. Os funcionários podem ser premiados ao indicar novos colaboradores, o que ajuda o RH a encontrar profissionais de confiança e qualidade de forma mais ágil. 

Por outro lado, os colaboradores podem ser premiados ao indicar novos clientes. Essa estratégia é uma excelente alternativa para empresas que atuam com produtos mais caros ou de pagamentos recorrentes. Isso encurta o processo de vendas e tende a trazer clientes melhores e mais engajados.

Funcionário do mês

A premiação do funcionário do mês é uma ótima escolha para times maiores que cumprem funções mais operacionais. É uma forma de reconhecer aqueles que se empenham mais em suas atividades, além de motivar toda a equipe a dar mais de si. Nesse caso, pode ter um pequeno valor acrescido ao pagamento, além de uma ação de visibilidade, por meio de um quadro e a divulgação via intranet e e-mail para todos da empresa.

 

Gamificação com sistema de pontos

A gamificação é um sistema de bonificação um pouco mais complexo, que tende a gerar melhores resultados em períodos mais longos de avaliação. É importante ter um objetivo principal muito bem definido, bem como regras de pontuação bem claras a todos. 

Esse tipo de plano pode se tornar uma grande gincana, com apuração de pontos semanais ou mensais e até mesmo premiações parciais. Por exemplo, o objetivo final é ser o melhor vendedor do ano. Cada tipo de venda recebe uma pontuação específica e trimestralmente o melhor vendedor recebe um prêmio menor. Ao final do ano, quem tiver somado mais pontos recebe o prêmio maior.

Premiação por equipe

O plano de bonificação por equipe é uma estratégia bastante interessante para trabalhar a integração das pessoas. Ele envolve metas que dependem da ação conjunta de várias pessoas, que precisarão atuar bem umas com as outras para que todos consigam conquistar seus resultados.

O único ponto de atenção nesse tipo de plano é ter um acompanhamento mais próximo e detalhado para que parte da equipe se esforce demais, enquanto outra parte apenas receba as recompensas. 

Premiação por ideias criativas

A premiação por ideias é a melhor forma de manter a empresa inovadora. Esse tipo de iniciativa faz com que os colaboradores se sintam mais à vontade para dar novas ideias, já que eles sabem que serão ouvidos e reconhecidos por sua dedicação ao desenvolvimento da organização. Apenas assegure-se de estabelecer regras claras sobre os critérios de avaliação das ideias, principalmente em relação àquelas que forem descartadas.

Como vimos, existem várias formas de aplicar um bom plano de bonificação para ter colaboradores mais engajados e motivados. Os benefícios para a organização são inúmeros e não é preciso criar nada de tão mirabolante. Então, siga as dicas deste artigo e comece a elaborar alguns planos para colocar em ação na sua empresa.

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Diretora de Recursos Humanos da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.