Enter your keyword

Como fazer um PDI e implementá-lo na sua empresa?

Como fazer um PDI e implementá-lo na sua empresa?

Como fazer um PDI e implementá-lo na sua empresa?

O crescimento de uma empresa depende de uma série de fatores, que estão relacionados entre si.

Os investimentos em equipamentos de ponta, tecnologia de última geração e matérias-primas selecionadas de nada adiantarão se os colaboradores não forem devidamente desenvolvidos. Por isso é tão importante implementar o PDI na organização.

Neste artigo, vamos explicar o que é o PDI e como elaborar um para os profissionais da sua empresa. Além disso, vamos listar os principais benefícios dessa implementação e como ela influencia no sucesso do seu negócio. Acompanhe.

O que é PDI?

O PDI — Plano de Desenvolvimento Individual — é um documento que funciona como uma bússola para os profissionais.

Sua função é estabelecer estratégias para o cumprimento de metas e objetivos, que são traçados de acordo com o que cada pessoa deve alcançar profissionalmente e os gaps que ela apresenta e que precisam ser resolvidos.

É uma ferramenta diretamente relacionada com o plano de carreira, já que ajuda na evolução de cada colaborador dentro da estrutura organizacional. Contudo ela pode ser aplicada de forma independente, inclusive fora do ambiente de trabalho, para a vida pessoal. 

Como elaborar um PDI?

Como-elaborar-um-pdi

Para elaborar um PDI que seja realmente eficiente, é importante cuidar de alguns pontos. O primeiro deles é compreender a situação atual, com todos os seus gargalos e deficiências, bem como com suas qualidades.

Em seguida, é preciso definir quais são os objetivos que se pretende alcançar para elaborar um plano de ação mais adequado. Por fim, é fundamental estabelecer uma rotina de acompanhamento, para garantir que o planejamento seja cumprido. 

Confira o detalhamento de cada uma dessas etapas, a seguir.

Realize um diagnóstico da situação atual

Qualquer seja a jornada a ser percorrida, 03 elementos são indispensáveis: o ponto de partida, o ponto de chegada e o caminho entre eles.

Imagine que seu objetivo seja passar as férias em Porto Seguro. Se o ponto de partida for Belo Horizonte, o caminho será longo e oferece várias alternativas, por outro lado, se a jornada iniciar em Salvador, a trajetória será completamente diferente.

O ponto de partida em um PDI está no entendimento da situação atual de cada um. Nesse sentido, a realização de uma avaliação de desempenho é o ideal para compreender o cenário, com todos os seu pontos positivos e deficitários.

Assim, fica mais fácil identificar os gargalos a serem resolvidos e as estratégias mais adequadas para desenvolver o profissional.

Defina os objetivos

Na jornada do PDI, o objetivo é o ponto de chegada. Cada pessoa deve ter em mente onde deseja chegar em sua carreira, pois é isso que vai definir os caminhos que podem ser percorridos.

Quanto mais específico for o objetivo, mais fácil será de elaborar o PDI.

Como essa costuma ser uma etapa bastante complexa para muitos profissionais (saber o que deseja para a sua carreira nos próximos 05 ou 10 anos), o RH poderá contribuir muito nesse momento, ao mostrar todas as possibilidades e/ou alternativas que cada colaborador precisará desenvolver dentro da organização, por meio de um plano de crescimento.

Elabore um plano de ação

Nesta etapa o PDI começa a tomar forma. A elaboração do plano de ação é o descritivo de tudo que deve ser feito para que o colaborador saia do ponto de partida e chegue ao seu objetivo.

Em nosso exemplo de viagem a Salvador, partindo de BH, esse é o momento em que se define qual será a melhor rota, quando essa viagem irá acontecer, qual meio ou tipo de transporte será utilizado e o que a pessoa deverá levar na mala.


Trazendo para o ambiente organizacional, imagine que temos um assistente que deseja se tornar um analista. De acordo com as diretrizes organizacionais, ele precisará atender a um série de exigências técnicas e possuir determinado nível de alcance na avaliação de desempenho.

Se esse profissional tiver bons resultados na avaliação, mas não o suficiente para o que é exigido à função de um analista, será importante fornecer-lhe um feedback sobre seus pontos de melhoria e, a partir dos dados observados e mensurados, traçar uma estratégia de evolução.

Para isso, é muito importante que sejam definidos tanto as ações a serem criadas/implantadas, quanto os prazos de cada uma delas.

Uma metodologia muito utilizada e bem aceita para tal questão é a 5W2H. Ela proporciona uma visão mais ampla e completa de tudo o que precisará ser feito ao estabelecer os seguintes pontos:

  • O que precisa ser feito;
  • Por que fazer;
  • Quando fazer;
  • Onde fazer;
  • Quem é o responsável por cada ação;
  • Como será feito;
  • Quanto custará.

Estabeleça uma rotina de acompanhamento

Por fim, o acompanhamento deve fazer parte da rotina de todos os envolvidos (colaborador, gestor e RH).

Cada uma das ações planejadas deve ser acompanhada periodicamente, para garantir que os objetivos serão alcançados dentro do prazo estipulado.

A definição de alguns marcos ajuda a manter os pontos de controle mais claros e tornam o acompanhamento mais tranquilo.

Como RH, é fundamental agendar reuniões de avaliação junto aos colaboradores e gestores. Nesses momentos, foque em analisar o que foi feito, qual é o novo cenário atual e quais serão os próximos passos.

É bastante comum que sejam feitos alguns ajustes no plano, apenas tome cuidado para que eles não prejudiquem a estratégia principal.

Quais são os benefícios de implantar o PDI?

Benefícios-do-plano-de-desenvolvimento-individual

O PDI é um plano individual, mas os benefícios refletem em toda a empresa. Veja alguns dos principais:

  • melhoria no desempenho dos colaboradores, para que passem a atuar de forma mais focada em suas atividades;
  • aumento na motivação e no engajamento dos times, que se tornam mais dispostos a encarar novos desafios;
  • potencialização das ações de retenção de talentos, com colaboradores mais satisfeitos com a empresa;
  • desenvolvimento do negócio, com times cada vez mais seniores e comprometidos em levar inovação para a empresa.


Como você pôde ver, o PDI é uma ferramenta que tem muito a contribuir com o sucesso da organização.

O investimento em uma gestão de pessoas mais eficiente e estratégica pode trazer o diferencial de mercado que a sua empresa precisa. Por isso, adotar metodologias como esta é tão fundamental.

Comece agora mesmo a trilhar novos caminhos para o seu negócio. Tenha profissionais capacitados e motivados, que estejam dispostos a crescer e a ajudar a empresa. Enfim, construa uma relação em que todos saiam ganhando!

Este conteúdo foi útil para a estratégia da sua empresa? Deixe um comentário neste post, caso ainda tenha alguma dúvida sobre este assunto!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.