Enter your keyword

Cultura colaborativa: o que é e como implantar na sua empresa

Cultura colaborativa: o que é e como implantar na sua empresa

Cultura colaborativa: o que é e como implantar na sua empresa

A cultura colaborativa tem enorme potencial de transformar para melhor os resultados de qualquer empresa. Essa abordagem para os negócios chama todos os colaboradores para participar de maneira ativa dos processos internos. Assim, consegue-se melhorar a qualidade e gerar cada vez mais valor.

Nesse artigo explicaremos melhor o conceito de cultura colaborativa, com todas as vantagens que ele traz. No final você ainda confere algumas dicas importantes para implantar em sua empresa.

O que é a cultura colaborativa?

Quando falamos em cultura colaborativa, estamos falando de um alinhamento da gestão que guia os colaboradores para trabalhar em grupo da melhor maneira possível. Na prática, isso significa valorizar a participação de todos com suas ideias e sugestões, para construir processos cada vez melhores.

O modelo colaborativo se apoia em uma hierarquia mais horizontalizada onde todos têm voz e espaço para contribuir com os modos de produção. Mas é claro que isso não pode ser feito de qualquer forma. A estratégia precisa estar muito bem trabalhada, para construir modelos capazes de atender à organização e as necessidades dos clientes.

O desafio de adotar uma cultura colaborativa de maneira satisfatória é real. Por isso, alimentar o clima de colaboração é um trabalho contínuo. Precisamos cuidar para manter o engajamento dos colaboradores e garantir que todos tenham espaço para crescer junto da organização. Alinhados sobre os mesmos objetivos, o time caminha de maneira coesa rumo ao sucesso.

Os benefícios da cultura colaborativa

Empresas que investem na construção de uma cultura colaborativa podem desfrutar de diversos benefícios em seus resultados. As vantagens vão desde uma melhoria nas condições de trabalho até a maior qualidade nas entregas – saiba mais:

Mais autonomia e proatividade

Podemos começar citando a autonomia e a proatividade como um dos principais efeitos de uma cultura colaborativa. A intenção aqui é garantir maior participação de todos para pensar nas melhores soluções. Logo, precisamos de um comportamento proativo entre os colaboradores.

Outro ponto importante é que essa abordagem faz com que a gestão se torne mais horizontal. Isso porque conferimos autoridade para que os profissionais trabalhem de forma mais autônoma. Eles são incentivados a resolver problemas básicos por conta própria, sem precisar acessar seus superiores, encurtando e otimizando os processos.

Inovação e criatividade

Ao valorizar a autonomia do colaborador, a gestão abre espaço para que ele possa refletir sobre os processos e sugerir melhorias. Isso é essencial já que sabemos bem que duas cabeças sempre pensam melhor do que uma.

A inovação é essencial para o sucesso de negócios em qualquer área. A partir de uma gestão mais democrática, permitimos que todos possam expressar sua criatividade. Os colaboradores podem dar suas ideias e sugestões livremente e a organização ganha muito com essa pluralidade. 

Ganhos em produtividade

A produtividade é mais um aspecto que tem muito a ganhar com a cultura colaborativa. 

Conforme mencionamos, o incentivo à colaboração chama os funcionários a participar do processo produtivo de maneira mais ativa. Eles passam a se preocupar mais com os resultados e pensar em melhorias para o processo. Os ganhos de produtividade são, então, uma consequência natural de equipes mais engajadas e proativas.

Mais qualidade nas entregas

Quando falamos em mais produtividade, obviamente não estamos nos referindo apenas a ganhos em quantidade, mas, também em qualidade.

Um dos efeitos naturais de uma cultura colaborativa nas empresas é uma melhoria no valor das entregas realizadas. O objetivo aqui é atingir uma produção otimizada com foco na colaboração. A partir disso, a tendência é que os erros e defeitos sejam enfrentados e a qualidade melhore de maneira geral.

Crescimento profissional

A cultura colaborativa coloca os colaboradores no centro da gestão ao convidá-los para participar do processo decisório. A consequência disso é ter uma equipe mais motivada e pronta para tomar as rédeas do seu próprio desenvolvimento.

Eles se tornam capazes de identificar os pontos fracos e apresentar propostas para melhorá-los. Então, o crescimento profissional se dá de maneira muito orgânica. Conforme a empresa cresce, seus funcionários crescem juntos.

Maior engajamento das equipes

Ao empoderar a equipe para resolver seus problemas de maneira mais autônoma, a gestão demonstra que confia na capacidade de seus colaboradores para lidar com crises. Isso faz com que eles sejam puxados para uma postura mais ativa dentro de seus cargos.

O engajamento que vem a partir disso é natural, pois o profissional entende que os resultados dependem de sua ação direta. A autonomia é capaz de mudar toda a abordagem das equipes para o trabalho, pois elas se sentem mais responsáveis pelo resultado apresentado.

Melhora no clima organizacional

A cultura colaborativa tem efeitos também nas relações interpessoais dentro da empresa. A colaboração evita a sobrecarga de trabalho e integra a todos no processo. Assim, evitamos eventuais conflitos e competições, uma vez que todos se veem como parte do mesmo time.

De maneira geral, uma cultura colaborativa só tem a melhorar o ambiente, o clima organizacional, pois se pauta na construção de canais de comunicação transparentes. Quando todos têm liberdade para se expressar, sobra menos espaço para ruídos e mal-entendidos.


Valorização dos colaboradores

A essa altura, já estão claras as formas como uma cultura participativa é capaz de engajar as equipes. 

A autonomia conferida demonstra a confiança da gestão de que o colaborador vai tomar as decisões certas. Suas opiniões são ouvidas e consideradas e isso certamente tem um efeito positivo sobre sua autoestima. Sentindo-se mais valorizado, ele vai se engajar ainda mais em suas tarefas.

Valorização da marca

Por fim, a valorização da marca é uma vantagem importante que a cultura colaborativa provoca, ainda que de maneira indireta. 

Gestões que valorizam e dão maior liberdade para seus funcionários tendem a ser mais visadas pelos bons profissionais. Os trabalhadores de diferentes empresas conversam entre si e, logo, a boa reputação se espalha pelo mercado. Assim, a organização ganha também em sua capacidade de atrair e reter talentos em seu quadro de funcionários.

Como implantar uma cultura colaborativa em sua empresa

No cotidiano da gestão, existem alguns aspectos que você deve observar para implementar com sucesso uma cultura colaborativa. Com isso em mente, reunimos abaixo algumas dicas práticas para te ajudar nesse processo.

1) Defina os valores da organização com clareza

O primeiro passo para promover qualquer mudança em sua cultura organizacional é ter claros quais são os valores de sua organização. Sem definir a identidade da empresa, fica impossível alinhar todos os colaboradores para o mesmo norte.

Revise – ou defina – a missão, a visão e os valores que devem guiar a estratégia. É função do RH registrar todas essas definições e aplicá-las em suas políticas e gestão de pessoal.

2) Delegue tarefas e distribua a autoridade

A partir dos pilares de identidade da organização definidos na etapa anterior, podemos começar a implementar as mudanças, em busca de mais colaboração. Para isso, começamos delegando as tarefas e autorizando os colaboradores para o autogerenciamento. 

A autoridade precisa ser distribuída para que não haja mal-entendidos sobre o que o funcionário pode ou não fazer por conta própria. Tudo tem que ser muito bem-negociado e comunicado com clareza.

3) Invista em uma comunicação transparente

Qualquer mudança organizacional depende da capacidade do RH em se comunicar com os colaboradores de maneira efetiva. Por isso, quem quer implementar uma cultura colaborativa deve investir em uma comunicação transparente.

Para além do momento de transição, ter canais abertos para a troca de informação é essencial para a manutenção da cultura colaborativa. O seu sucesso depende da abertura para que todos possam se expressar e ouvir o que o outro tem a dizer.

4) Promova o engajamento das equipes

É um equívoco pensar que o engajamento será um efeito natural da cultura colaborativa, especialmente em um primeiro momento. É preciso trabalhar para engajar e trazer todos para dentro do processo.

Precisamos garantir que a colaboração será incorporada pela cultura organizacional de maneira permanente e duradoura. O engajamento ganha muito com dinâmicas de grupo, momentos de feedback, entre outras ferramentas da gestão de pessoas.

>> Leitura recomendada: [E-book] O bê-á-bá da Avaliação de Desempenho

5) Reconheça e recompense os esforços

Uma forma de garantir a continuidade do engajamento nas equipes é reconhecer os esforços de cada um. O RH precisa trabalhar sempre para monitorar os processos e observar o quanto cada profissional tem contribuído para o resultado final. A partir disso, recompensar a dedicação oferecida.

As recompensas podem vir em forma de um reconhecimento verbal, uma bonificação, oportunidade de treinamento ou até mesmo tempo extra de descanso. Conheça seus colaboradores e entenda qual tipo de recompensa é mais aguardada por cada um.


Conte com quem é especialista no assunto

Qualquer iniciativa de mudança organizacional é um processo complicado e que precisa ser feito com atenção aos detalhes. Assim, a implementação de uma cultura colaborativa não poderia ser diferente. 

São diversos aspectos que precisamos observar para garantir uma transição suave para o novo modelo. É preciso definir os valores, construir canais de comunicação eficientes e manter os funcionários engajados, sem diminuir o ritmo de produção.

Para dar conta de tudo, vale a pena contar com a ajuda especializada de quem entende do assunto. Com a Sociis RH, você tem acesso a uma consultoria completa para implementar uma cultura colaborativa em sua organização. Nosso time de profissionais está pronto para te ajudar a alcançar seus objetivos da melhor maneira possível. Entre já em contato para saber mais.

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.