Enter your keyword

Conheça 7 formas de eliminar o viés inconsciente na empresa

Conheça 7 formas de eliminar o viés inconsciente na empresa

Conheça 7 formas de eliminar o viés inconsciente na empresa

Tomar decisões com base em crenças ou suposições preestabelecidas é mais comum do que se imagina. Tais associações automáticas influenciam, a todo momento, na construção de barreiras e obstáculos que podem atrapalhar o crescimento e o desenvolvimento de uma empresa, especialmente no momento de contratação de um colaborador.

É o chamado viés inconsciente. Ele é formado por experiências passadas, histórias ouvidas em algum momento ou até mesmo relatos de outras pessoas. Muitas vezes, pode soar inclusive como preconceito. No entanto, não é preciso se sentir culpado, caso você tenha percebido que isso já interferiu em alguma escolha feita na seleção para a organização em que você trabalha.

Os vieses inconscientes não têm a ver com seus valores pessoais. Mas saber evitá-los é muito importante para criar um ambiente corporativo saudável, respeitoso e diversificado. Descubra mais sobre o assunto com a leitura deste artigo!

Tipos mais comuns de viés inconsciente e como prejudicam as relações nas empresas

Para começar, é preciso avaliar quais são os tipos mais comuns de viés inconsciente, e descobrir como e por que influenciam tanto nas relações de uma empresa. Acompanhe!

Viés de percepção

O viés de percepção acontece quando aspectos definidos por uma cultura ou pela sociedade são reforçados. Um exemplo disso é considerar a mulher como um “sexo frágil”. Será que você optaria pela contratação de um homem por causa dessa impressão?

Viés confirmatório

O viés confirmatório faz com que informações que confirmem hipóteses iniciais sejam procuradas e, em seguida, que hipóteses contrárias sejam rejeitadas.

Por exemplo, não é porque houve uma experiência negativa com um colaborador acima de 40 anos, que será assim sempre. No entanto, é fácil ter ressalvas quanto a outros membros da equipe com essa idade, por pensar que o mesmo pode acontecer.

Viés de afinidade

O viés de afinidade tende a avaliar quem se parece mais conosco. Ele leva em conta questões de gênero, raça, idade e experiências de vida. Um exemplo disso é a quantidade de cargos de liderança que são compostos por homens de pele branca. Caso você se encaixe nessa simples descrição, seu inconsciente pode ter se manifestado ao sugerir uma promoção. E uma outra pessoa com características diferentes, mas igualmente habilitada, perdeu a oportunidade.

Efeito halo/auréola

A preferência se manifesta apenas como uma informação agradável a respeito de alguém. A partir dela, se avalia de maneira positiva e automática todas as outras informações. E um detalhe no histórico do colaborador, mesmo que bastante negativo, passa a ser ignorado e pode se repetir lá na frente.

Efeito de grupo

Aqui, o padrão de um grupo é seguido. A pressão colocada por um grupo em determinada situação pode fazer com que todas as pessoas próximas tentem agir do mesmo jeito. Por vezes, esse cenário influencia em questões de fofocas ou de falta de produtividade na empresa.


7 formas de eliminar o viés inconsciente na empresa

Eliminar o viés inconsciente na empresa depende de 7 práticas indispensáveis. Aqui estão elas!

1. Identifique os tipos de viés inconsciente

Primeiro, é preciso identificar os tipos de viés inconsciente presentes na empresa. Não somente dentro do RH, já que isso reflete diretamente nos processos seletivos, mas em relação a equipes e setores de forma geral. Com isso, é mais simples entender o que fazer para nadar contra a maré e combater preconceitos e estereótipos.

2. Pergunte sobre as primeiras impressões

Durante ou após uma contratação, pergunte ao colaborador quais foram suas primeiras impressões acerca do ambiente. Veja como ele se sentiu durante sua recepção e o que avaliou a respeito do comportamento de sua equipe.

Essas informações são importantes para constatar se alguma mudança ocorreu após a identificação dos vieses. Caso contrário, será preciso tentar algo diferente, que vá além de uma conscientização básica.

3. Desafie a saída da zona de conforto

Esteja disposto a se desafiar e a se arriscar. Interaja e invista em pessoas que estão fora do seu perfil ou do perfil que se manifesta em maioria na empresa.

Peça para que quem está perto de você aponte quando um viés se manifeste em sua postura ou trabalho. Dessa maneira, você perceberá que ele está atrapalhando, antes de dispensar alguém ou alguma oportunidade diferente.

4. Analise dados

É fundamental analisar certos dados no histórico de contratação da empresa. Quantas mulheres e quantos homens foram contratados? Qual era a raça deles, o estado civil e a faixa etária? Houve algum período em que essas constatações demonstraram alteração?

As respostas para essas perguntas permitirão traçar gráficos e relatórios sobre o que acontece na organização. E assim, ficará mais fácil encontrar estratégias para trazer equilíbrio e diversidade.

5. Inclua e integre todos os colaboradores

Os colaboradores também apresentam viés inconsciente em muitas situações, por exemplo, na interação de uma equipe para determinado projeto ou na distribuição de responsabilidades de uma demanda urgente.

Sendo assim, é muito importante passar treinamentos e workshops de integração e inclusão eventualmente. Assim, todos ficarão cientes sobre como o inconsciente afeta negativamente os relacionamentos e começarão a trabalhar contra isso de maneira natural no dia a dia.

Gestão Estratégica de RH

6. Melhore a comunicação

Implemente melhorias na comunicação. Disponibilize canais de feedback e passe a ouvir mais e melhor antes de repassar críticas e sugestões. É muito importante que os colaboradores saibam que são ouvidos e que têm liberdade para falar. Isso ajuda a entender diferentes perfis, ideias e experiências de vida.

7. Ofereça novas experiências

E por falar em experiências, promova sempre novas oportunidades para que as equipes se conheçam melhor. É importante lembrar que o trabalho na empresa acontece em grupo. E isso só dá certo quando há aceitação, compreensão, respeito e tolerância. Pregue esses princípios e faça deles uma máxima na organização.

Sair de um viés inconsciente é um desafio diário. Para que ele não retorne para a empresa, questione sempre suas primeiras impressões sobre alguém. Tente perguntar mais e supor menos, para entender o que a imagem dessa pessoa realmente representa para você. Com o exercício da empatia, você com certeza ajudará a trazer mais pluralidade para a empresa, cujo ambiente ficará ainda melhor.

Considera esse tema importante? Gostou de entender um pouco mais sobre ele? Compartilhe este artigo em suas redes sociais para que outras pessoas também possam melhorar seus vieses nas empresas.

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Diretora de Recursos Humanos da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.