Enter your keyword

Entenda de vez a diferença entre RH e departamento pessoal

Entenda de vez a diferença entre RH e departamento pessoal

Entenda de vez a diferença entre RH e departamento pessoal

Embora sejam setores interligados, é muito importante entender a diferença entre RH e departamento pessoal. Essa percepção é o que permite dividir tarefas de maneira mais certeira, para depois executá-las com sucesso e obter resultados positivos para a empresa.

Com papéis igualmente importantes, fazer delegações corretas também permite otimizar o tempo de trabalho e fazer com que ambas as áreas se mantenham estratégicas para a organização. Afinal, elas são as grandes responsáveis pela gestão de pessoas e, sem isso, é impossível crescer ou solidificar o negócio.

Sendo assim, que tal conhecer um pouco mais sobre as especificações de cada uma? Tire suas dúvidas e promova o quanto antes os ajustes necessários em sua administração.

O que é o setor de RH e quais são suas subdivisões?

O setor de RH visa a desenvolver soluções para que a empresa se desenvolva bem, sem deixar de colocar seus colaboradores em primeiro lugar. A área tem como objetivo cuidar para que cada trabalhador se sinta bem dentro daquele ambiente corporativo e tenha motivação suficiente para continuar a melhorar a cada dia que passa.

Ela se subdivide da seguinte maneira:

Recrutamento e seleção

A primeira tarefa importante do setor de RH é o recrutamento e a seleção de pessoal. Além da análise de currículos, seus responsáveis agendam entrevistas, realizam dinâmicas de grupo ou individuais e aplicam testes para angariar os melhores perfis para trabalhar na empresa.

Quando a admissão é efetivada, o RH também se responsabiliza por ações de inclusão e integração, que facilitam a adaptação do contratado ao dia a dia da empresa.

Políticas de gestão

A partir disso, o setor desenvolve as políticas de gestão para que as funções da equipe sejam desempenhadas conforme os objetivos do negócio. Isso ajuda a evitar que os colaboradores procurem seus supervisores sem necessidade.

Também, para que tenham mais autonomia em suas tarefas, fazendo o que lhes compete com segurança, confiança e precisão.

Treinamento e desenvolvimento de pessoas

Em seguida, de acordo com as necessidades estratégicas da empresa, o RH se volta para o treinamento e desenvolvimento de pessoas. Essa questão é muito importante para permitir que os funcionários cresçam e se transformem em profissionais cada vez mais capacitados para suprir as demandas de mercado.

Avaliação e melhorias

Por fim, o RH também avalia a implantação de recursos, tecnológicos ou não, que ajudem o trabalho diário a ser mais certeiro. Questões estruturais estão incluídas nessa subdivisão, para garantir o conforto dos trabalhadores e bons equipamentos para que suas funções sejam exercidas com qualidade.

Para completar, essa área se dedica a avaliar o desempenho de todos os colaboradores, de modo a ampliar a produtividade.


O que é o setor de departamento pessoal e como ele se divide?

Enquanto o setor de RH humaniza as estratégias da empresa, o departamento pessoal está ligado diretamente à parte burocrática que envolve os colaboradores. Isso significa que ele cuida de toda a parte admissional da equipe, organiza carteiras de trabalho, as documentações sindicais e toda a papelada importante para regularizar a situação de um funcionário.

Veja como tudo isso funciona.

Admissão de pessoal

Depois que o setor de RH executa a etapa de recrutamento e seleção, é feito o repasse para que o DP cuide da admissão e efetivação do funcionário escolhido. Ele trabalha com toda a integração da pessoa contratada, com base em critérios administrativos e jurídicos.

Compensação de pessoal

O setor também observa atualizações em leis trabalhistas e demais demandas relacionadas a salários, taxas, guias de INSS, FGTS, benefícios e tributos. Esse é um trabalho bastante metódico, que exige muita atenção e um olhar crítico para que tudo fique em conformidade com os direitos do trabalhador.

Desligamento de pessoal

As quitações de contrato e desligamentos também ficam sob a orientação desse setor. Ele representa a empresa em qualquer resolução do tipo, mas também, orienta o colaborador para que sua contratação se encerre corretamente.

Quantias rescisórias e todo o encaminhamento burocrático relacionado a questões financeiras ficam a cargo dessa divisão.

Gestão Estratégica de RH

Como a diferença entre RH e departamento pessoal pode favorecer a empresa?

A diferença entre esses dois setores não os afasta. Como é possível perceber, suas atividades são totalmente complementares, o que pode favorecer a empresa. Mas para uma visualização mais dinâmica dessa afirmação, conheça os três pilares convergentes entre RH e departamento pessoal.

Relação com colaboradores

O RH atua como facilitador entre os objetivos da empresa e dos colaboradores, de modo a transformar a rotina corporativa para todos os envolvidos. O DP, então, entra em cena para melhorar essa relação, uma vez que operacionaliza os processos de recompensas e bonificações, aos trabalhadores, pelos resultados alcançados.

Segurança

Na hora da contratação, o RH se responsabiliza pela seleção e posterior manutenção do colaborador, via plano de carreira e estratégias de retenção de talentos. Dessa forma, os funcionários se sentem mais seguros para atingir seus objetivos, na certeza de que poderão sempre crescer.

O DP complementa essa questão ao utilizar ferramentas e sistemas que garantem o registro correto de atividades para manter tudo dentro da lei.

Valorização e credibilidade

Treinar, manter uma boa comunicação e proporcionar meios para que os colaboradores otimizem suas tarefas é objetivo do RH. Essas são as principais maneiras de valorizar o capital humano e fazer com que ele acredite na empresa.

No departamento pessoal, isso acontece quando o colaborador conhece seus direitos, entende as questões burocráticas de contratação, recebe na data correta e não precisa lidar com atrasos.

Diante disso, fica claro o quanto é importante manter os setores alinhados e saudáveis para o sucesso da empresa. E, é claro, para um bom desenvolvimento dos colaboradores, o que reflete não apenas nos processos internos, mas também, na imagem que o público externo tem do negócio.

Agora que você já sabe a diferença entre RH e departamento pessoal, considere uma revisão de tarefas de seus setores e certifique-se de que as responsabilidades estão delegadas do jeito certo. Assim, você poderá acompanhar melhor as atividades e ter a certeza de que seus funcionários também estão sendo beneficiados com o bom funcionamento dessas áreas.

Este artigo foi útil para você? Curta nossa página no Facebook e acompanhe nosso conteúdo para mais dicas e atualizações!

Informações sobre a autora:

Bianca Andrade
Psicóloga e Diretora de Recursos Humanos da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.