Enter your keyword

Práticas de RH nas pequenas empresas

Práticas de RH nas pequenas empresas

Práticas de RH nas pequenas empresas

Embora empresas de pequeno porte geralmente não possuam um setor de Recursos Humanos estruturado, elas encaram os mesmos desafios que as grandes empresas no que diz respeito à gestão de pessoas: contratar os profissionais certos, reter talentos e engajar os times. Já que todas as organizações são compostas de pessoas, nada mais adequado do que implantar práticas para lidar com elas, o que vai muito além de questões burocráticas como recrutamento, demissões, pagamentos e benefícios. É essencial também conduzir processos voltados para o desenvolvimento profissional dos colaboradores, o que acarreta consequências positivas como engajamento e retenção.

Não são necessárias ferramentas sofisticadas e elaborados programas de RH como os de algumas grandes organizações, o mais importante é focar nos anseios e na performance dos funcionários, o que fica bem mais fácil de visualizar e analisar em empresas menores. Listamos algumas práticas de RH que sugerimos ser planejadas de forma personalizada para cada empresa e adotadas para uma gestão de pessoas eficaz:

– INTEGRAÇÃO: A boa performance de um funcionário começa com um processo de integração bem feito. Ao começar em uma pequena empresa, o novo empregado deve ser devidamente apresentado à equipe e questões importantes devem ser passadas a ele, como os valores da empresa, o que é esperado dele, detalhes de sua função e relação profissional com os colegas.

– PESQUISA DE CLIMA: O primeiro passo para elaborar um planejamento estratégico de Recursos Humanos é conhecer o ambiente de trabalho, pontos fracos e oportunidades de melhoria, objetivos da empresa e metas de cada setor (se houver). A partir de uma pesquisa de clima organizacional é possível criar e padronizar processos, tanto para as tarefas burocráticas, como para as mais subjetivas e desafiadoras, como aumentar a motivação dos empregados. A pesquisa deve incluir questões que ajudem a identificar como estão os relacionamentos na empresa, perspectivas profissionais e o nível de engajamento dos funcionários. Veja algumas dicas aqui.

– COMUNICAÇÃO INTERNA: Plataformas simples de comunicação com os funcionários são suficientes para comunicar o que é necessário em empresas pequenas. Murais e informativos periódicos são canais eficientes para determinadas mensagens, principalmente se os funcionários sentirem que também podem contribuir. Deixe claro que a comunicação na empresa é uma via de mão dupla e que eles são bem-vindos a contribuírem sempre.

– TREINAMENTOS: Profissionais devidamente orientados sobre suas funções e responsabilidades têm melhor performance e se sentem mais motivados. Cursos e treinamentos têm sempre algo a acrescentar a qualquer profissional, desde os mais simples aos mais elaborados. Busque ferramentas online e presenciais que possam ajudar na melhoria da performance.

– AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO: Ao serem avaliadas, as pessoas têm a oportunidade de receber um feedback personalizado e construtivo sobre seu desempenho e a chance de visualizar oportunidades de melhoria que às vezes não enxergavam antes. Esta prática estimula os profissionais a refletirem sobre sua postura profissional e os motiva a serem sempre melhores, já que identifica seus potenciais. Elogie quando pertinente!

Seja criativo e veja como práticas simples de RH podem melhorar o clima organizacional e formar equipes mais focadas e alinhadas. Conheça sua equipe e trabalhe por ela! Todos serão positivamente afetados pelos resultados!

Jornalista e Relações Públicas, Colaboradora do Blog Da Sociis RH

Informações sobre a autora:

Daniella Maria
Jornalista e relações públicas,
colaboradora do blog da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.