Enter your keyword

Como saber o momento de investir no setor de RH?

Como saber o momento de investir no setor de RH?

Como saber o momento de investir no setor de RH?

Para muitos, é evidente que investir no setor de RH é fundamental, afinal ele permite atrair e manter os melhores talentos, e administrar as competências dessas pessoas. No entanto, para alguns profissionais, essas evidências devem fazer parte de um esforço de argumentar com a Diretoria da empresa.

Para outros, como um empresário ou colaborador do departamento de pessoal, é preciso reconhecer que, no momento atual da empresa, já há demanda para implementar um setor de RH. No entanto, como saber argumentar sobre isso ou identificar a hora certa?

É o que vamos descobrir neste texto. Aqui, você conhecerá quais são os indicadores fundamentais para demonstrar a necessidade de investimento no setor de RH. Conheça também como “calcular” esse investimento e como uma empresa especializada pode ajudar nisso. Confira!

Sinais de que a empresa precisa investir no setor de RH

Qual o nível de crescimento da empresa? É preciso expandir ou enxugar o quadro de funcionários? Como está o relacionamento entre os colaboradores? Essas e outras questões dizem muito sobre a necessidade do investimento em RH. Vejamos detalhes a seguir.

Crescimento da empresa

A empresa tem apresentado ótimos resultados financeiros e está na hora de ganhar mais espaço no mercado. Para isso, será necessário contratar novos funcionários ou aprimorar as habilidades daqueles que já fazem parte do quadro de colaboradores da empresa.

Nesse momento é fundamental contar com os serviços do setor de RH. Ele será responsável por desempenhar e aprimorar os processos de recrutamento e seleção.

Em termos práticos, isso quer dizer que o setor de RH terá a função primordial de selecionar colaboradores com as habilidades necessárias para a nova estratégia de ampliação da empresa.

Além disso, é esse time que desenvolverá treinamento para que os colaboradores já efetivos consigam melhorar suas habilidades, fazendo com que o potencial seja ampliado. Dessa maneira, o setor de RH faz com que a empresa cresça com mais rapidez e qualidade.

Elevada taxa de turnover

Uma elevada taxa de turnover é um problema seríssimo para qualquer empresa. Ela se refere ao índice de colaboradores que entraram e saíram da organização em determinado período.

De modo geral, a elevação da taxa de turnover traz muitos prejuízos, como, por exemplo, o aumento de pagamento de despesas trabalhistas, perda de mão de obra qualificada e potencial intelectual, além de implicar no clima organizacional e aumentar os custos com a ambientação de novos colaboradores, podendo, inclusive, em casos extremos, paralisar temporariamente as atividades fundamentais.

Se a organização se encontra em uma dessas situações, é o momento de investir no setor de RH. Esse time desenvolverá as estratégias necessárias para reduzir a rotatividade e, com isso, minimizar os prejuízos decorrentes do processo.

Problemas na gestão de pessoas

Na sua empresa, frequentemente há ruídos na comunicação, desentendimento entre os setores ou mesmo insatisfação dos colaboradores? Esses são sinais de que a companhia precisa urgentemente investir na gestão de pessoas.

Isso porque essas circunstâncias refletem a falta de políticas voltadas para a área de recursos humanos. O setor de RH, além de lidar com questões administrativas, também funciona como um mediador de conflitos e interesses, bem como pacificador entre setores, colocando em evidência a importância da comunicação adequada dentro do contexto empresarial e ilustrando como cada participante é peça fundamental para se alcançar os objetivos traçados.

Gestão Estratégica de RH

Reclamações dos funcionários

Muitas empresas esquecem que seus colaboradores não são como máquinas que trabalham o tempo inteiro e não apresentam problemas emocionais. Adotando esse tipo de postura, é possível que essas pessoas fiquem doentes, estressadas e eventualmente faltem ao trabalho.

Um RH bem-estruturado é capaz de compreender as reclamações dos colaboradores e criar mecanismos para diminuir os níveis de insatisfação. Por meio de uma pesquisa de clima, por exemplo, ele pode avaliar quais os fatores se constituem como fonte de desprazer e quais são motivadores do comportamento. A partir dessa análise, é possível estabelecer um plano de ação e sugerir melhorias.

Como realizar o “cálculo” de investimento no setor de RH

Como vimos, há sinais claros de que a empresa precisa urgentemente investir no setor de RH. Entretanto, é importante definir exatamente qual é a demanda atual da companhia e as habilidades necessárias que o setor de RH pode oferecer. Vejamos mais detalhes a seguir.

Defina a demanda atual da empresa

De modo geral, as empresas necessitam realizar mudanças no seu quadro de colaboradores, seja realizando sua ampliação ou redução. Entretanto, cada organização apresenta um contexto específico, que deve ser considerado no momento de implementar ou solicitar serviços do setor de RH.

Para rastrear de forma específica o contexto em que a empresa se encontra, é importante utilizar indicadores de desempenho. Eles vão apresentar qual é a demanda atual da marca, quais estratégias e atividades devem ser desenvolvidas.

Essas informações podem, inclusive, servir de argumento para demonstrar a qualidade do trabalho do setor de RH e a sua real necessidade de implementação, caso ainda não exista. Alguns desses indicadores de desempenho são:

  • índice de rotatividade: demonstra a taxa de entrada e saída de profissionais. Geralmente, quanto maior a taxa de rotatividade, maior a urgência de implementação de uma política de desenvolvimento e retenção de talentos;
  • taxa de absenteísmo: indica a frequência na qual os colaboradores têm faltado ao trabalho. Esse índice — se for muito elevado — requer uma intervenção do setor de RH urgentemente, pois sinaliza que algo, na forma como o trabalho está estruturado pode se constituir como fonte de sofrimento ou adoecimento. Portanto, é bom ficar atento ao que ele denuncia;
  • indicadores de recrutamento e seleção: avaliam se as contratações de fato estão sendo feitas de maneira correta ou se constantemente é preciso efetuar trocas.

É importante considerar esses indicadores em determinados períodos. Por isso, contar com uma equipe de RH, que faça rotineiramente o registro desses dados, é fundamental.

Conheça as habilidades que o setor de RH deve ter

Algumas habilidades do RH são fundamentais para favorecer o crescimento da empresa e identificar pontos fortes e fracos. Mais detalhes a seguir.

Definição do cargo e o perfil do colaborador

A empresa verificou que necessita realizar a contratação de novos funcionários. No entanto, qual a proporção necessária para os diferentes cargos? Qual o perfil desses postos? Essas questões são facilmente resolvidas pela equipe de RH.

Ela verifica, por exemplo, se falta gerenciamento das equipes e se, portanto, um cargo de gerente é mais adequado. Checa se há necessidade de analistas para atuar nas áreas técnicas ou, até mesmo, identifica a necessidade de encontrar colaboradores com habilidades de apoio, que trabalharão como assistentes. Somente o setor de RH poderá realmente criar o perfil adequado de acordo as metas da empresa.

Preparação do processo seletivo

Identificadas a quantidade de vagas e o perfil, chega o momento de realizar o processo seletivo. Essa fase é fundamental para o sucesso na contratação de novos colaboradores. Nesse sentido, existem várias etapas que o setor de RH tem total domínio para realizar.

Preparar o anúncio da vaga a ser disponibilizado em plataformas específicas para contratações, realizar a entrevista, coletando os melhores currículos e desenvolvendo técnicas de questionamentos para selecionar o melhor candidato são alguns exemplos das atribuições desse time.

Realizar integração de colaboradores

Muitas empresas acreditam que o colaborador contratado já tem total desenvoltura para se articular com as atividades da empresa, mas, na prática, não é bem assim. Por mais bem-preparado e experiente que seja o profissional, é fundamental integrá-lo a cultura organizacional e aos processos da empresa.

Quem pode ajudar efetivamente nesse processo é o setor de RH. Durante algumas semanas, é papel desse time desenvolver atividades que forneçam o aprendizado necessário para que o colaborador se integre à empresa.

Ele também desenvolve atividades não apenas de integração dos novos contratados, mas também atua para que os colaboradores efetivos consigam se adaptar às novas demandas da empresa. Nesse sentido, o setor realiza a integração de qualquer colaborador em qualquer fase da empresa.

 

Como uma empresa especializada pode ajudar a investir no setor de RH

Por mais que você tenha argumentação suficiente para convencer alguém ou se convencer sobre a implementação do investimento no setor de RH, é importante contar com ajuda especializada. É recomendado, por exemplo, contratar os serviços de uma empresa de consultoria em RH.

Esse tipo de parceiro tem vasta experiência no mercado e consegue ter na ponta do lápis as soluções e estratégias para diferentes portes de empresas. Dessa forma, pode ajudar não apenas a realizar o levantamento de dados que justifiquem a necessidade de implantação do setor, mas, também, orientar sobre quais são as estratégias necessárias e quais os impactos financeiros desse tipo de investimento. Assim, os gestores conseguem ter mais controle sobre o processo.

Quer conhecer uma empresa especializada em RH? Entre em contato com a SociisRH. Contando com equipe composta por administradores, psicólogos e profissionais na área de marketing, ela oferece vários serviços do setor de RH, como planos de cargos e salários, pesquisa de clima organizacional e muito mais!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.