Enter your keyword

Aprenda a montar um bom plano de cargos e salários!

Aprenda a montar um bom plano de cargos e salários!

Aprenda a montar um bom plano de cargos e salários!

Assim como uma empresa deseja crescer, seus colaboradores possuem a mesma ambição. São elas que fazem com que eles façam um bom trabalho e se mantenham constantemente motivados.

Por isso, a organização deve compreender essa realidade e desenvolver maneiras de respeitar as expectativas da equipe e oferecer possibilidades para que ela atinja seus objetivos. Uma das maneiras de fazer isso é montando um bom plano de cargos e salários.

Não sabe por onde começar? Com este artigo, você recebe uma orientação básica sobre o que observar e fazer para desenvolver boas práticas. Confira!

Entender o funcionamento organizacional da empresa

O primeiro passo é entender o funcionamento organizacional da empresa. Dessa forma, você consegue identificar quais fatores aumentam sua competitividade e quais são essenciais para que ela sobreviva no mercado.

A partir disso, será mais simples desenvolver um plano adequado, que contribua para o equilíbrio do negócio. As contratações serão mais acertadas e os profissionais chegarão ao topo, sempre alinhados com a cultura organizacional.

Fazer levantamento de atribuições

Em seguida, é hora de realizar o levantamento de atribuições. Ao definir exatamente o que cada cargo deve fazer, o gestor fica ciente de quem procurar para participar de cada projeto da empresa.

Essa também é uma forma de ajudar o colaborador a descobrir se quer mesmo uma promoção dentro da empresa. Ele conhecerá suas futuras responsabilidades, os benefícios atrelados a ela e poderá decidir com total certeza se deseja assumir a situação.

Classificar os cargos

É muito importante estabelecer uma classificação de níveis para salários e cargos. Por exemplo, é possível denominar cada posição como júnior, pleno e sênior, para estruturar a hierarquia da empresa e compreender quais cargos são estratégicos e quais são críticos.

Outra opção é diferenciar cargos de acordo com sua função. Assim como o analista precisa ter determinado conhecimento, o gerente deve ter outro tipo de visão, já que as demandas são completamente diferentes.

Realizar uma pesquisa salarial

Fazer uma pesquisa salarial é outra etapa indispensável para montar um bom plano de cargos e salários. Observe concorrentes e empresas do mesmo setor, além de consultar o sindicato da classe para obter orientações precisas.

Com uma margem pré-estabelecida, você retém melhor seus talentos, que deixarão de ir atrás de outras oportunidades que pareçam mais rentáveis. A organização, por sua vez, se mantém dentro da realidade do mercado.


Elaborar a política do plano de cargos e salários

É fundamental que o plano de cargos e salários seja enxuto, mas leve em consideração todos os aspectos que precisam ser avaliados, inclusive os que foram colocados pelos próprios colaboradores. Esse é um documento normativo e informativo que deve ser seguido à risca para determinar a remuneração da empresa.

Seu conteúdo, porém, não é fixo. Mudanças são necessárias periodicamente para reajustes e reclassificação de cargos, conforme as necessidades daquele momento. A cada alteração, ele precisa ser aprovado e devidamente apresentado para gerar mais credibilidade e engajamento aos colaboradores.

Gostou do conteúdo? Então vá mais além e baixe gratuitamente o Guia para a construção de um Plano de Cargos e Salários estratégico. Assim, você saberá ainda melhor onde e como investir para deixar seus colaboradores satisfeitos e elevar a empresa a um novo patamar!

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.