Enter your keyword

Por que Manter a Equipe de Trabalho Unida é Tão Difícil?

Por que Manter a Equipe de Trabalho Unida é Tão Difícil?

Por que Manter a Equipe de Trabalho Unida é Tão Difícil?

Quando o clima no trabalho é tóxico, dificilmente o sentimento de pertencimento floresce entre as pessoas de uma organização. Manter a equipe de trabalho unida parece impossível quando conflitos entre características pessoais e interesses prevalecem diariamente. A desunião do time também pode ser incentivada pela própria organização sem que necessariamente seus líderes e gestores percebam o tamanho do estrago.

Uma equipe desmotivada demora mais tempo para aprender algo novo, se limita a reproduzir as mesmas tarefas no lugar de aprender com as diferenças e inovar. A principal causa para a ruptura deste senso de pertencimento está na comunicação. Quando expectativa e realidade não andam juntas por falha na comunicação surge um imenso espaço a ser ocupado pela frustração. Neste momento, é hora de desconstruir alguns preconceitos para superar o desafio de manter uma equipe de trabalho unida e tornar a experiência um modelo de referência dentro da organização.

Falhas na forma de liderar prejudicam o objetivo de manter a equipe de trabalho unida

O papel do líder é fundamental para manter a equipe de trabalho unida. Ele é o espelho do time, o modelo de profissional e de valores da cultura da empresa. Portanto, o líder será continuadamente uma influência no clima da equipe, e precisa estar atento ao seu centramento. Centramento é a habilidade de se manter consciente do seu propósito e de não desviar dele. Assim, atuar com mau humor e intolerância terminará distorcendo totalmente o objetivo de manter a equipe de trabalho unida.

Quando o líder adota outra postura que não esta humanizada será muito difícil de manter a equipe de trabalho unida. Uma visão estritamente meritocrática não leva em consideração a vida como um Todo, a mecanicista vai priorizar a produtividade em detrimento ao bem-estar das pessoas. São visões que a curto prazo podem até gerar resultados numéricos para a organização, mas que criarão outros incêndios que consumirão os mesmos recursos adquiridos ou até gerando prejuízo.

Quando uma equipe de trabalho não está unida, a organização sofre com absenteísmo no trabalho, a qualidade da entrega é comprometida e as portas para inovação se fecham.    

Negligenciar a formação pessoal do líder e da equipe piora o quadro

Somente um líder preparado para atuar de forma humanizada conseguirá obter o melhor resultado a longo prazo. Tais habilidades podem ser desenvolvidas pelo líder se ele aceitar seu papel como alguém que precisa dar um bom exemplo, ao executar com empenho suas tarefas e ao conduzir sua comunicação com assertividade. Ferramentas de Mentoring e Coaching oferecem um aporte metodológico atual e importante.

Para manter a equipe de trabalho unida, o líder entende que precisa priorizar a sua própria formação, se desenvolvendo como pessoa e também como líder. Entre algumas opções disponíveis para dar este salto, realizar um curso de coaching online, por exemplo, pode fornecer tudo o que ele precisa para começar a mudança de paradigma a qualquer momento.

Ao trabalhar com referenciais de liderança humanizada, o líder amplia sua visão de mundo e percebe que uma equipe que também tem a oportunidade de desenvolver habilidades de liderança consegue se comunicar com mais empatia e assertividade. Essas características atuam de maneira positiva no clima e reforçam o objetivo de manter a equipe de trabalho unida.   


Ausência de objetivos e metas claras da organização distorcem a comunicação  

Uma organização à deriva, sem um direcionamento claro de objetivos e metas, transmite insegurança para o clima. Se o cenário é incerto, a equipe receberá este estímulo e a comunicação será afetada, dando abertura a conflitos e jogos de poder que, por sua vez,  consomem a alma da organização.

A falta de rumo também diz muito da liderança que está sendo exercida. Nenhuma empresa ou projeto está livre de embaraços, mas é a maneira de liderar em meio a incertezas que vai manter a equipe de trabalho unida ou não. Em épocas de vacas gordas, é mais fácil incentivar a união do time, é justamente nesse momento que se deve preparar o time: quando o cenário estiver confuso a comunicação e o alinhamento entre os membros da equipe serão testados.

Se a organização coloca esta postura como parte de sua cultura, vai se preocupar em manter a equipe de trabalho unida treinando as pessoas para atuarem em cenários adversos, incentivando formações pessoais e profissionais, implementando uma política de feedbacks e difundindo maneiras de proteger a comunicação de ataques corriqueiros como sobreposição de interesses, abusos de poder, desmotivação pessoal, baixa produtividade e outros incidentes.    

Manter a equipe de trabalho unida é complicado, portanto, quando o paradigma da organização e do líder atuam contra a natureza do humano. Uma equipe precisa de sinergia para desenvolver um bom trabalho e esta precisa de um ambiente e de um clima organizacional propício para florescer.

A produtividade e o resultado são sem dúvida fatores importantes para a razão de ser de uma organização, o lucro também é, e tudo isso parece ser muito lógico e claro, mas por que é tão difícil manter a equipe de trabalho unida? A dificuldade reside na ideia mal formada de que a felicidade não faz parte do ambiente corporativo e que, portanto, não deve ser uma meta buscada por todos diariamente. Manter a equipe de trabalho unida está ancorado em algo mais profundo que parece se revelar apenas a quem decide dar um salto na sua forma de ver o mundo.

Informações sobre o autor:

Marcos Wunderlich
Master Coach e Mentor de executivos há mais de 30 anos. Referência no Brasil em Mentoring, Coaching, Advice e Liderança Humanizados

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.