Enter your keyword

O RH e a formação de lideranças

O RH e a formação de lideranças

O RH e a formação de lideranças

Líderes competentes e seguros para a tomada de decisões, capacitados para enfrentar situações de crise e com senso de ownership em relação a empresa. É o que toda organização busca e o setor de Recursos Humanos tem papel definidor na hora de preparar essas lideranças para melhores performances em seu papel e também para encontrar profissionais com potencial para assumir cargos de chefia.

Formar líderes é sempre um desafio para as empresas, pois exige pessoas não apenas qualificadas o suficiente para colocar em prática a(s) estratégia(s) da empresa, mas também alinhadas com os valores e competências valorizados pela organização. Líderes são os verdadeiros porta-vozes das empresas, portanto investir na sua capacitação e preparo é fundamental para fortalecer o nível de competitividade no mercado. O conhecimento técnico não é suficiente por si só e o passo número um é identificar o perfil de líder que cada empresa busca e as habilidades interpessoais mais valorizadas.

Quando o assunto é liderança, todas as áreas de uma empresa devem trabalhar em conjunto, mas o papel da área de Recursos Humanos merece destaque. Esse setor tem a responsabilidade de estimular o espírito de liderança nas equipes e também de articular as iniciativas para treinar e aperfeiçoar o desempenho de seus líderes, que por sua vez contribuirão para fazer o mesmo na organização inteira.

Programas de Desenvolvimento de Líderes

Programa de desenvolvimento de lideranças devem fornecer treinamentos alinhados com a missão, visão e valores da organização, formando verdadeiros embaixadores da estratégia empresarial. Eles devem entender seu papel e ter habilidade para repassarem para suas equipes o impacto da sua atuação na empresa, o que exige boa comunicação para empoderar seus times. As competências mais valorizadas para pessoas que ocupam cargos de liderança não são estáticas e mudam constantemente, dependendo também dos valores da empresa e das suas estratégias. Outras habilidades muito valorizadas além da comunicação, por exemplo, são a visão global do negócio e a capacidade de estimular a colaboração e a integração nas equipes.

Ao elaborar e executar um programa de desenvolvimento de líderes, o setor de RH deve levar em consideração a cultura da empresa e envolver lideranças de todos os níveis, reforçando a importância de todas as áreas e níveis da organização para o alcance dos resultados almejados. Deve estar claro para os colaboradores que trata-se de uma estratégia corporativa e não apenas de uma ação isolada do RH, e portanto deve contar com a atenção de todos. O sucesso do programa gera benefícios não apenas para o setor, mas a ideia é que contribua para o crescimento da empresa como um todo, já que envolve todos os níveis hierárquicos.

Outras iniciativas que podem ser executadas pelo setor de RH, em relação ao desenvolvimento da liderança, são avaliações de desempenho para encontrar talentos e pontos de melhoria, cursos e treinamentos que estimulem competências específicas, pesquisas de clima organizacional, elaboração de planos de carreira com oportunidades claras e alcançáveis.

Jornalista e Relações Públicas, Colaboradora do Blog Da Sociis RH

Informações sobre a autora:

Daniella Maria
Jornalista e relações públicas,
colaboradora do blog da Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Seu e-mail não será publicado.