Enter your keyword

04 dicas para você se dar bem em uma entrevista, mesmo estando um bom tempo desempregado

04 dicas para você se dar bem em uma entrevista, mesmo estando um bom tempo desempregado

04 dicas para você se dar bem em uma entrevista, mesmo estando um bom tempo desempregado

Toda a ocasião onde estamos sendo avaliados é bastante tensa, imagina então se você está participando de um processo seletivo e, para piorar, ainda desempregado e sem ver nenhuma luz no fim do túnel.

Se você se identificou com a situação acima, não se sinta sozinho. Com a piora do cenário econômico e o consequente aumento do desemprego, vários candidatos se encontram nesta situação, o que torna este comportamento recorrente em entrevistas de emprego.

Se estivéssemos falando desta mesma situação a alguns anos atrás, candidatos desempregados por um período maior que 06 meses, seriam motivo de desconfiança por parte dos recrutadores.

As projeções para este ano de 2017, segundo um estudo da OIT (Organização Internacional do Trabalho), não são nada boas. O volume de pessoas desempregadas chegará a 13,8 milhões no Brasil.

Mesmo sendo normal, na conjuntura atual, fazer parte deste grupo, diante do entrevistador é comum o sentimento de constante frustração e incerteza. A maneira mais adequada de lidar com essa situação é agir com sinceridade desde o início do processo, ou seja, com as informações/experiências colocadas no currículo.

Informar a verdadeira razão do seu último desligamento pode ser um bom início para todo o processo transcorrer da melhor forma possível. Caso seja por motivos inerentes a corte de custos/pessoal, procure embasar esta justificativa com informações que levaram à tomada de decisão por parte da companhia. Se o motivo deste desligamento for por alguma desavença, é de extrema importância que os fatos sejam explicados com transparência e ética, evitando que o chefe e/ou a empresa seja(m) o centro das atenções.

Após falar do motivo do seu desligamento, será a vez de informar o porquê de tanto tempo sem trabalho. Esta situação pode parecer (ainda mais) desconfortante, porém temos 04 dicas que podem lhe ajudar a se sair bem nesta entrevista, são elas:

1 – Admita a sua parcela de culpa

Que o mercado de trabalho não está bom a algum tempo, todos os entrevistadores já sabem, portanto esta não deve ser a única causa pelo período em que se encontra sem emprego.

É importante ser franco e demonstrar que você consegue fazer uma avaliação sensata a respeito dos equívocos que o fizeram ficar tanto tempo sem emprego, seja pela falta de preparo ao ser desligado, seja pela falta de feeling ao perceber boas oportunidades em propostas de emprego posteriores ao desligamento.

2 – Demostre vitalidade e energia

Reconhecer os erros que o fizeram estar nesta situação é tão importante quanto mostrar que você perdeu a batalha e não a guerra, não se deixando abater.

Em hipótese alguma o candidato deve se vitimizar, pelo contrário, deve se manter firme e desconfortável perante a situação, deixando claro o interesse e o ânimo para retornar ao mercado de trabalho o quanto antes.

3 – Mostre que tem tentado se adequar ao mercado

É importante mostrar que, além de procurar uma recolocação, você tem buscado capacitação, tem procurado novas formas de networking, além de experiências novas, que agreguem a sua formação.

Mostre que não está esperando a oportunidade cair do céu, você está se preparando para ela.

4 – Aguarde pacientemente o retorno do processo seletivo

Mantenha-se calmo, tente não ficar tão ansioso, por mais difícil que isto seja. Este é o momento de demostrar seu controle emocional.

Respeite o tempo informado pelo entrevistador para dar o feedback.

Equipe Sociis RH

Sem Comentários

Comente

Your email address will not be published.